Impulsionada pelo Fla, média de público dispara

Número de pessoas por partida neste Campeonato Brasileiro é de 22.399, o maior dos últimos 30 anos

Torcida do FlamengoTorcida do Flamengo - Foto: Paula Reis e Marcelo Cortes/ CR Flamengo

Além de encantar em campo com um desempenho avassalador, obtendo as melhores marcas em quase todas as estatísticas da Série A do Campeonato Brasileiro 2019, o Flamengo também tem ajudado a atual edição do torneio a se tornar uma das maiores no quesito quantidade de público. Nas 28 rodadas já disputadas, a competição atingiu média de 22.399 pessoas por partida. A maior da era dos pontos corridos e dos últimos 30 anos.

Os números ganharam ainda mais força no último domingo. Na vitória por 1x0 contra o CSA, no Maracanã, o Flamengo levou 69.846 rubro-negros ao estádio, alcançando o melhor público da Série A em 2019. No ranking, inclusive, os cariocas estão nas 10 primeiras posições. A marca de mais de 60 mil pessoas já fora quebrada em outros confrontos do líder do nacional perante Santos, São Paulo, Palmeiras, Vasco, Goiás, Internacional, Atlético/MG, Chapecoense e Grêmio. O Fla tem média de 59.708 pessoas por jogo. Apenas para critério de comparação, o vice-líder da lista, o Corinthians, tem média abaixo dos 40 mil.

Vale salientar que, em um dos jogos com público acima dos 60 mil, o Flamengo não era o mandante, mas sim o visitante, no clássico carioca contra o Vasco. Outro detalhe chama atenção: o embate não aconteceu no Rio de Janeiro, mas sim em Brasília/DF, no estádio Mané Garrincha. No Brasileirão 2019, ficou definido que cada clube só poderá negociar até cinco mandos de campo em outros estados que não seja o seu de origem. Além disso, nenhum duelo desse tipo pode acontecer nas últimas cinco rodadas da competição.

A última vez que o Brasileirão teve uma média superior a de 2019 foi em 1983, levando 22.953 torcedores por jogo. Curiosamente, o ganhador da edição foi o Flamengo, hoje próximo de faturar mais um caneco do certame. A quantidade, por exemplo, foi quase o dobro da registrada desde a implantação do modelo de pontos corridos, adotado a partir de 2003. No ano que o Cruzeiro faturou a taça nacional, a média foi de apenas 10.468. Na temporada seguinte, os dados foram ainda mais desanimadores, com a quantia mais baixa desde 1971: 7.556 torcedores por duelo. Em 2018, o campeonato havia alcançado a melhor marca de público desde 1987, com média de pouco mais de 18 mil por partida.

Leia também:
Após presentear chinês, Bolsonaro diz que Flamengo 'é o melhor da atualidade'
Sensação de 2019, Flamengo retoma protagonismo
Flamengo goleia o Grêmio e volta à final da Libertadores após 38 anos


Não é só como mandante que o Flamengo ajudou a impulsionar a média de público do Brasileirão 2019. O clube carioca também é o visitante que mais levou pessoas aos estádios. A média do Urubu é de 38.394 torcedores por jogo, superando a segunda maior média de público dos adversários como mandante, que pertence ao Corinthians (35.290).

Jorge Jesus

O técnico Jorge Jesus foi denunciado pela Conmebol e terá de responder pelo atraso de dois minutos no regresso do time do Flamengo após o intervalo do jogo contra o Grêmio pela volta das semifinais da Taça Libertadores. Pelo disposto no regulamento da entidade, o técnico é o responsável por responder quando há esta demora na volta ao campo.

O regulamento da Libertadores prevê suspensão de uma partida ao treinador na primeira infração desta natureza, embora apenas o Fla tenha sido citado na denúncia. O time rubro-negro tem até o dia 1º de novembro para enviar suas alegações. Caso o julgamento seja realizado até o dia 23 de novembro, dia da finalíssima contra o River Plate (ARG), o português poderia ficar fora do banco de reservas na decisão em Santiago, no Chile.

O atacante Gabigol também foi citado no relatório do jogo. Por exibir um cartaz com os dizeres "hoje tem gol do Gabigol" em comemoração de um tento anotado por ele próprio, o atleta poderá ter de pagar multa de ao menos 5 mil dólares (R$ 19,8 mil). A informação foi veiculada inicialmente pelo jornal O Globo.

Veja também

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"
Santa Cruz

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica de 27 pontos na competição
Série C

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica