A-A+

Incêndios podem atrapalhar início do Aberto da Austrália

Primeiro Grand Slam do ano no circuito mundial de tênis está marcado para começar no dia 20 de janeiro

Tenista sérvio DjokovicTenista sérvio Djokovic - Foto: Paul Crock / AFP

Os incêndios que atingem a Austrália podem atrapalhar a realização do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam do ano no circuito mundial de tênis. A maior preocupação dos organizadores e atletas é a qualidade do ar para a prática esportiva. A situação pode forçar o atraso da competição, agendada para começar no dia 20 de janeiro.

Apesar de admitir a dificuldade do caso, o chefe-executivo da Tennis Australia, Craig Tiley, acredita que o torneio deve acontecer naturalmente. Ele, no entanto, afirma que haverá um criterioso estudo sobre a qualidade do ar. "Nós temos recursos extras para analisar, monitorar e assegurar a saúde e segurança de todos os jogadores, trabalhadores e fãs", disse. "A saúde dos jogadores, do público e do staff é prioridade e vamos continuar tomando todas as decisões com isso em mente".

Leia também:
Aberto da Austrália terá aumento de 13,6% na premiação


Os jogadores também demonstraram preocupação com o clima. Na última semana, Novak Djokovic considerou a chance de atrasar o início do torneio. "Temos que considerar isso por causa do clima extremo. Mas isso provavelmente é a última das últimas opções", comentou.

Veja também

Final da Liga Brasileira de Free Fire acontece neste sábado (30)
TECNOLOGIA E GAMES

Final da Liga Brasileira de Free Fire acontece neste sábado (30)

Ronaldo Bezerra vence na estreia e vai às oitavas do Mundial de Boxe
Boxe

Ronaldo Bezerra vence na estreia e vai às oitavas do Mundial