Inter de Milão abre conversas para renovar com Miranda

Com a Seleção Brasileira, em Londres, o zagueiro foi procurado por dirigentes da Inter de Milão para estender o vínculo até 2020

Miranda deve atuar por mais duas temporadas pela Inter de MilãoMiranda deve atuar por mais duas temporadas pela Inter de Milão - Foto: AFP

Com contrato perto do fim na Inter de Milão, o zagueiro Miranda foi procurado para abrir negociações referentes à renovação de seu vínculo até 2020, de acordo com diversas publicações italianas nesta quinta-feira (31). Aos 33 anos, o brasileiro que defenderá a Seleção na Copa do Mundo da Rússia tem contrato somente até o dia 30 de junho.

De acordo com o jornal "La Gazzetta Dello Sport", ainda não há previsão de resposta do jogador e seu estafe à oferta do clube italiano, que garantiu vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. Miranda foi procurado no centro de treinamento do Tottenham, em Londres, onde a Seleção Brasileira se prepara para o amistoso de domingo (3), contra a Croácia, que servirá de preparação para a Copa da Rússia. Piero Ausilio e Giovanni Gardini, dirigentes da Internazionale, foram à Inglaterra em nome do clube para conversar com Miranda e também mostrar interesse por Dembelé.

Desde julho de 2015 na Inter de Milão, Miranda teve o nome apontado como possível alvo de investida de clubes brasileiros, como Palmeiras e São Paulo, no meio do ano. A renovação, porém, deve brecar os planos dos brasileiros a curto prazo. O novo vínculo europeu teria duração de duas temporadas.

Leia também:
Neymar deve começar no banco contra a Croácia
Renato Augusto sente dor no joelho e deve perder amistoso


Revelado pelo Coritiba, Miranda defendeu Sochaux (FRA), São Paulo, clube em que foi tricampeão brasileiro, Atlético de Madrid (ESP) e Internazionale. Ele foi titular em suas três temporadas a serviço da equipe italiana.

Veja também

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno
Sport

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno