Investigadores britânicos irão à Colômbia para avaliações

Os profissionais foram enviados a pedido das autoridades colombianas e devem chegar nesta quarta

Silvio Costa Filho (PRB) foi eleito deputado federal, mas conclui o mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco apenas em dezembro de 2019Silvio Costa Filho (PRB) foi eleito deputado federal, mas conclui o mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco apenas em dezembro de 2019 - Foto: Jarbas Araújo/Alepe

As autoridades britânicas anunciaram, nesta terça-feira, o envio de três investigadores à cena do acidente de avião da companhia boliviana Lamia, fabricado pela British Aerospace, que levava a delegação da Chapecoense até a Colômbia.

Os investigadores, enviados a pedido das autoridades colombianas, são esperados nesta quarta-feira em Medellin e "serão acompanhados por representantes do fabricante britânico", o grupo BAE Systems (ex-British Aerospace), explicou a AAIB (Air Accident Investigation Branch), que depende do governo britânico.

Segundo o site especializado Planespotters, a aeronave tinha 17 anos, tenho voado pela primeira vez em março 1999. Neste mesmo ano, a aeronave foi vendida pela empresa britânica à americana Mesaba, que usou o avião até 2007, antes de cedê-lo à irlandesa CityJet. Desde outubro de 2013, pertencia à Lamia, especializada em voos fretados.

A aeronave, que decolara de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, transportava nove tripulantes e 72 passageiros, incluindo a delegação da Chapecoense e profissionais da imprensa brasileira que fariam a cobertura da primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana. Duas caixas pretas da aeronave foram resgatadas e serão utilizadas durante as investigações que esclarecerão as causas do acidente.  

 

Veja também

Executivo de futebol explica modelo de trabalho que será montado no Náutico
Futebol

Executivo de futebol explica modelo de trabalho que será montado no Náutico

Técnico do PSG confirma lesão de Neymar e prevê volta após três semanas
De molho

Técnico do PSG confirma lesão de Neymar