Islandês ex-Barça se oferece para jogar pela Chapecoense

Eidur Gudjohnsen já atuou por Chelsea e Barcelona, e pretende

Paulo Câmara e Luciana SantosPaulo Câmara e Luciana Santos - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Perambuco

Após a tragédia ocorrida com o vôo que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, as discussões sobre a reconstrução da equipe começam. E alguns jogadores estão oferecendo seus serviços para ajudar o time catarinense nesse momento difícil.

Um deles é o atacante Eidur Gudjohnsen, estrela do futebol islandês. Apesar do país não ter muita tradição no futebol (disputou a primeira Eurocopa em 2016), o jogador já teve passagens por Chelsea e Barcelona, sendo o atleta mais importante do esporte na Islândia.

Via Twitter, Gudjohnsen se ofereceu para atuar na equipe da Chapecoense, e convocou seu ex-companheiro de clube, Ronaldinho Gaúcho, para se juntar a ele no desafio.

"Por respeito, eu jogaria pela Chapecoense se eles tiverem lugar para mim por lá! Se não apenas para jogar com Ronaldinho novamente", escreveu.

Com 38 anos, o atleta disputou sua última partida no meio do ano pelo Molde, da Noruega, e também está aposentado da seleção islandesa. 

Veja também

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'
Náutico

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa
Série B

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa