Italo Ferreira fatura primeiro título no CT em Bells Beach

Em final contra Mick Fanning, que se aposentou de competições oficiais, Italo levou a melhor e, agora, divide a liderança do tour com Julian Wilson

Italo Ferreira, em Bels BeachItalo Ferreira, em Bels Beach - Foto: Kelly Cestari/WSL

O primeiro título de Italo Ferreira na elite mundial não poderia ter acontecido de maneira mais especial. Nesta quarta-feira (4), o potiguar venceu o australiano Mick Fanning na final da etapa lendária de Bells Beach, a segunda desta temporada, na Austrália. Três vezes campeão do mundo e dono de quatro títulos em Bells, Fanning, de 36 anos, já havia anunciado que essa seria a sua última participação no surfe de competição e que, a partir de agora, investirá em viagens de lazer.

Já Italo, de 23, competia pelo primeiro troféu da carreira no CT, conquistado de forma incontestável. O potiguar foi destaque em todas as fases do evento, estabelecendo as maiores notas da etapa e protagonizando baterias eletrizantes contra os compatriotas Filipe Toledo e Gabriel Medina. Com o título em Bells, ele foi a 11.665 pontos, empatando na liderança do ranking com o australiano Julian Wilson, que venceu a etapa de abertura, na Gold Coast, e foi 13º agora.

Na campanha rumo à decisão do título, Fanning eliminou o australiano Owen Wright (13,77 x 93) e, na semi, o norte-americano Patrick Gudauskas (16,50 x 9,67). Italo deixou para trás o havaiano Ezekiel Lau (17,86 x 11,50) e Gabriel Medina, contra quem cravou a sua melhor nota no torneio, um 9,17 que desconcertou o adversário (15,50 x 14,10).

Leia também:

Medina e Italo avançam; Mineiro e Filipinho caem em Bells
Julian Wilson vence primeira etapa do Mundial de Surfe
Mundial 2018 faz convite ao futuro do surfe
Medina enfrentará algoz português nas quartas de Bells
Silvana e Tati Weston-Webb farão semi brasileira em Bells

Na bateria final, Ítalo tomou a iniciativa logo na abertura da bateria final e arrancou nota 5,44 após duas ondas fracas. Fanning também não conseguiu boa sequência, somando 3,83. O mar em Bells Beach, então, entrou em calmaria. Quando a série de ondas voltou a ser favorável, a 17 minutos do fim, ambos fizeram tentativas, mas o australiano encaixou manobras mais precisas e virou o jogo: 11,43 x 11,00.

O brasileiro reagiu e voltou à liderança após duas ondas bem-sucedidas. Quando saiu a última nota de Italo (8,33), Fanning precisava de um 7,57 faltando menos de três minutos para o encerramento. Não deu tempo, e o potiguar fechou a bateria com vitória por 15,66 x 12,83. Agora, ele se junta ao paulista Adriano de Souza e à cearense Silvana Lima como os únicos brasileiros que tocaram o sino em Bells Beach.

Dono de um surfe progressivo, cheio de personalidade, Italo ensaiava seu primeiro título no CT há algum tempo. Desde a entrada no tour, em 2015, ele aparece como um dos atletas que mais surpreende os juízes em suas baterias. No ano de estreia, por exemplo, ganhou o título de "hookie of the year" - melhor estreante. A evolução foi prejudicada por uma lesão no tornozelo direito no início do ano passado, o que tirou ele de três etapas e comprometeu toda a pontuação da temporada. Agora, ele mostrou que está disposto a recuperar o tempo perdido.

A quarta (4) também foi de decisão no evento feminino, com a vitória da australiana Stephanie Gilmore, seis vezes campeã mundial, que superou na final a gaúcha naturalizada havaiana Tatiana Weston-Webb, em bateria decidida na última nota (14,17 x 13,94). A cearense Silvana Lima, que foi um dos destaques da etapa, a qual venceu em 2009, parou na semifinal ao ser derrotada por Weston-Webb. A próxima parada do tour 2018 da Liga Mundial de Surfe será ainda na Austrália, em Margaret River, com evento masculino e feminino. A janela de competição começará no próximo dia 11 e seguirá até o dia 22 de abril.

Veja também

Tite convoca Paquetá para o lugar de Coutinho na seleção brasileira
Seleção Brasileira

Tite convoca Paquetá para o lugar de Coutinho na seleção brasileira

Tite chama Paquetá para substituir Philippe Coutinho
Eliminatórias da Copa

Tite chama Paquetá para substituir Philippe Coutinho