Santa Cruz

Apesar de tempo hábil, Schulle não enxerga vantagem do Santa no duelo contra o Paysandu

Treinador coral também disse que aprova o novo formato da Série C, com dois quadrangulares

Itamar Schulle, técnico do SantaItamar Schulle, técnico do Santa - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Tudo pronto para o pontapé inicial do que é considerado o desafio maior na temporada. O Santa Cruz entra em campo neste sábado, às 17h, para encarar o Paysandu, pela rodada de estreia da Série C. A partida vai acontecer na Curuzu, em Belém/PA. Com a necessidade de virar a chave, o técnico Itamar Schulle concedeu entrevista à imprensa, quando avaliou o novo formato da competição, com a entrada de dois quadrangulares em substituição ao mata-mata do acesso, e falou sobre o desafio de enfrentar o Papão em seus domínios pelo jogo de estreia na Terceirona.

"Eu acho que ela é mais justa, porque não é só em um jogo de mata-mata que você decide a classificação. Se bem que eu subi com a equipe do Cuiabá no mata-mata. Mas acho que essa é uma forma mais justa, onde tem mais um quadrangular, onde os dois melhores sobem (de cada grupo), isso dá mais oportunidade e é uma forma mais justa de premiar os melhores participantes da competição", comenta.
 

No período pós-quarentena para os clubes pernambucanos, o Santa Cruz deu início aos treinos presenciais no dia 17 de junho, dez dias antes do Papão, que apenas deu o pontapé inicial em suas atividades no dia 27 do mesmo mês. Além disso, o time comandado por Hélio dos Anjos disputou somente dois jogos depois que a bola voltou a rolar no Pará. Enquanto, o Tricolor tem na balança seis confrontos disputados. Cenário que pode apontar, pelo menos no extracampo, certa vantagem da Cobra Coral em relação ao time Alviceleste. 

Itamar, no entanto, acredita que o fato da partida ter como palco a Curuzu pode favorecer ao Paysandu. "Acho que a favor do Paysandu. Ali, o Paysandu treina todos os dias. Se fosse no Arruda seria a mesma coisa. Ele (Paysandu), que está jogando dentro de seus domínios. Para nós é um campo que temos que ir lá, jogar, fazermos um grande jogo e passar mais uma vez pelas adversidades que hoje se impõe em relação a atletas e em relação, também, a esse cansaço que os atletas ainda estão desde o jogo de quarta-feira", finalizou.

Veja também

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'
Campeonato Brasileiro

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C
Santa Cruz

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C