Jean Carlos cita carinho da torcida como razão para fechar novo contrato

Meia estendeu o vínculo até 2022 e falou sobre o envolvimento com torcedores e funcionários

Jean Carlos, meia do NáuticoJean Carlos, meia do Náutico - Foto: Caio Falcão/Náutico/Divulgação

O meia Jean Carlos estendeu o vínculo com o Náutico até 2022 nesta segunda-feira, como foi confirmado pelo vice-presidente Diógenes Braga à Folha de Pernambuco. Entre os pontos destacados pelo dirigente para a conversa encerrar com um final feliz, é o relacionamento forte entre o camisa 10 e o Timbu. Ele é o xodó da torcida alvirrubra neste início de temporada e um dos principais nomes do futebol Pernambuco, o que gerou interesse de clubes da primeira divisão do futebol brasileiro. Por meio da assessoria do clube, ele contou um pouco mais sobre essa relação quando o primeiro contrato foi assinado em julho de 2019.

Leia também:

Jefferson enxerga evolução do Náutico em meio às dificuldades

Ex-Náutico, brasileiro que atua na China está recuperado da Covid-19

 Náutico estende contrato com Jean Carlos até 2022

“O Náutico, desde quando eu cheguei aqui, me surpreendeu demais positivamente. O ambiente, todos que trabalham ali no clube são pessoas do bem. A diretoria, o tanto que se empenharam pra me trazer e confiaram em mim. Acho que isso foi um passo muito importante pra (o Náutico) ser especial na minha carreira, na minha continuidade e voltar a jogar bem, fazer bons jogos. É isso que me motiva, saber que são pessoas do bem, pessoas corretas ali dentro que amam o clube, que fazem de tudo pra levar o clube de volta à elite do futebol e isso me agradou bastante pra poder, com a vontade deles e a minha, estender esse contrato”, explicou.

Em 2019, Jean é o principal articulador do time e participou de quase metade dos gols do Timbu até então. Em 13 partidas, os alvirrubros marcaram 24 gols, sendo que o meia fez quatro tentos e deu seis assistências, o que consta 41% de atuações diretas nos lances terminados em gol O meia é ciente do bom momento, mas destaca que a fase se alonga há algum tempo .”Com certeza, um dos melhores (momentos) da minha carreira sim. Tanto por atuações, sequência, gols, assistências... então, sem dúvidas, um dos melhores momentos da minha carreira. E não só agora, desde quando eu cheguei e agora esse início que tá sendo muito bom e espero continuar vivendo essa fase boa”, falou.

A admiração da torcida alvirrubra não é de hoje, já que o meia foi responsável pela cobrança do pênalti contra o Paysandu e renovou a esperança do acesso à Série B. Segundo Jean Carlos, o afeto foi essencial para permanecer no Náutico e não sair dos trilhos. “O reconhecimento, carinho da torcida é muito legal, muito importante. Nos dá confiança dentro de campo e isso me motivou bastante pra poder continuar no Náutico desde quando eu cheguei. Recebo bastante mensagens nas ruas e o reconhecimento pra a gente que joga é muito importante, gratificante ver seu trabalho sendo reconhecido depois de tantos anos só crítica, só crítica e poder ser reconhecido com bom trabalho que você tá fazendo. Então isso me motiva bastante pra poder continuar vestindo essa camisa com amor, com carinho e honrar a camisa do Náutico que é tão grande e tem que voltar à elite do futebol”, finalizou.
 

Veja também

Em jogo sonolento, Santa e Salgueiro ficam no 0x0, no Arruda
Campeonato Pernambucano

Em jogo sonolento, Santa e Salgueiro ficam no 0x0

COI diz que Jogos Olímpicos não serão afetados por estado de emergência em Tóquio
Olimpíada

COI diz que Jogos Olímpicos não serão afetados por estado de emergência em Tóquio