Jean Carlos elogia elenco, mas cita necessidade de reforços

Meia também destacou as metas individuais e do clube para a temporada 2020

Jean Carlos, meia do NáuticoJean Carlos, meia do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

Da lista de atletas que renovaram contrato com o Náutico para a próxima temporada, o nome de Jean Carlos foi um dos mais comemorados. Destaque na campanha do Timbu que culminou no acesso à Série B e no título da terceira divisão, o jogador definiu quais serão suas metas individuais e qual o principal objetivo do Timbu para 2020.

“Minha meta é jogar o maior número de jogos. A do clube, claro, é a expectativa do acesso à Série A. Viemos de um acesso (à Série B) e título e não tem como voltar melhor. A maioria estava no elenco do ano passado. Ao mesmo tempo, o clima é de dedicação, com intensidade alta”, afirmou.

Mesmo destacando a importância da manutenção da base titular para 2020, e a utilização de pratas da casa, o meia frisou a necessidade de o Náutico reforçar o elenco, principalmente de olho na Série B.

“Você precisa ter um elenco mais recheado na Série B porque sempre tem o risco de lesão e suspensão. Tivemos dificuldades na Série C porque nosso time era muito técnico. Temos jogadores para as quatro competições, mas precisamos (de reforços). Acredito que a diretoria está tratando disso”, frisou, elogiando os pratas da casa do grupo.

“Subi com 17 anos no Palmeiras. Era muito novo. Agora você vê o que Thiago fez com 18 anos na Série C, jogando o que jogou. Isso é o que traz dinheiro para o clube. Tem muito menino de qualidade. Eles treinam com a gente e parece que já estão conosco há muito tempo. Eles respeitam o pessoal mais velho também. Desejo sorte para todos”, completou.

Leia também:
Jhonnatan desfalca Náutico por até duas semanas
Náutico visa padronizar formação de goleiros

Veja também

Messi e Mbappé garantem goleada do PSG sobre Brugge na Liga dos CampeõesFutebol

Messi e Mbappé garantem goleada do PSG sobre Brugge na Liga dos Campeões

Anderson não ficará no Náutico, confirma empresárioFutebol

Anderson não ficará no Náutico, confirma empresário