A-A+

Futebol

Jean cita busca do elenco em se adaptar ao trabalho de Chamusca

Em cinco jogos, treinador conquistou apenas uma vitória pelo Náutico, acumulando mais dois empates e duas derrotas

Jean CarlosJean Carlos - Foto: Tiago Caldas/CNC

Com a derrota do Náutico por 3x1 para o Botafogo, no Rio de Janeiro, pela Série B do Campeonato Brasileiro 2021, o técnico Marcelo Chamusca chegou ao quinto jogo no comado do Timbu. A única vitória foi na estreia, por 1x0, diante do CSA, no Rei Pelé. Nos demais duelos, empates perante Vitória e Guarani, além de derrotas contra Vila Nova e Botafogo.  Na visão do meia Jean Carlos, o Timbu ainda está se adaptando ao estilo de jogo do novo treinador. 

“Temos trabalhado, conversado com Chamusca para melhorar e fazer o que estávamos fazendo no início da temporada. Temos de procurar a solução e não remoer os problemas. Tenho certeza que as vitórias vão voltar. Cada treinador tem seu estilo de trabalho. Ele chegou com as ideias dele, tentando mudar o mínimo possível. A gente conversa e tenta se adaptar ao estilo dele”, afirmou.  Chamusca chegou ao Náutico para ocupar a vaga de Hélio dos Anjos, que deixou a equipe no fim do primeiro turno, após uma sequência de cinco derrotas consecutivas na competição.

O Náutico, que já foi líder invicto da Série B 2021, está na oitava posição, com 35 pontos.  Seis pontos a menos que o CRB, quarto colocado, com 41. Já são quatro jogos sem triunfos do Timbu. Cenário que incomoda o camisa 10.

“Quando as vitórias não chegam, tudo preocupa. Não fazer gol, tomar gol, não jogar bem, não ter a mesma intensidade...tudo precisa melhorar. Estamos errando, mas ainda temos tempo de conquistar nosso objetivo”, alertou. 

 

 

Veja também

Bate-chapa: oposição se articula para lançar candidato à presidência do Náutico
Futebol

Bate-chapa: oposição se articula para lançar candidato à presidência do Náutico

Após eliminação, Leston pede atenção na montagem do elenco para 2022
Futebol

Após eliminação, Leston pede atenção na montagem do elenco para 2022