Jeferson fará sua primeira partida como profissional do Náutico

Goleiro substituirá Tiago Cardoso no jogo contra a Patativa

Goleiro esperou três anos pela estreia no profissionalGoleiro esperou três anos pela estreia no profissional - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

Foram três anos de espera. Ele foi segundo goleiro, caiu para terceiro, retornou para ser o primeiro suplente da posição e, nesta quarta (5), poderá, enfim, estrear como profissional pelo Náutico. Com o titular Tiago Cardoso poupado, o prata da casa de 23 anos será o dono da meta no jogo contra o Central, na Arena de Pernambuco, pela nona rodada do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano 2017.

“Fiquei muito feliz. Todo jogador quer jogar. Foram três anos aguardando essa oportunidade. Agradeço ao professor Milton. Sei que o lado físico pesa um pouco, mas estou trabalhando para corresponder da melhor forma”, afirmou o goleiro.  Entrar em campo como profissional é apenas o primeiro de vários sonhos de Jeferson. “Será o jogo da minha vida. Quero me firmar para que o Náutico não precise contratar mais goleiros. Quero ser o futuro goleiro do clube”, frisou.

Prestes a entrar em campo, o jogador contou como encarou o tempo de espera por uma oportunidade. “Sempre tive a cabeça no lugar e nunca me dei por vencido. Se você relaxa e não se dedica, tem que esquecer futebol. Sempre tive ambição. Washington (preparador de goleiros) sempre me falou sobre simplicidade. Não posso colocar na cabeça e pensar que preciso fazer mais do que já faço nos treinos. O ‘feijão com arroz’ é primordial no jogo”, revelou, indicando que sua principal qualidade é a reposição de bola.

Elogiado pelo professor

O técnico Milton Cruz, principal nome que estava na lista de agradecimento de Jeferson, passou confiança ao jovem formado na base alvirrubra. “Não o conhecia, mas ele tem mostrado ser bom. Lógico que esta sem ritmo e o goleiro sempre é o mais prejudicado nisso, mas ele tem feito bons treinos e está mostrando qualidade”, pontuou.

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'