Jefferson diz que Náutico está evitando olhar Grupo B

Atletas estão focados inicialmente na classificação ao mata-mata da Série C, que pode acontecer sábado (17), diante do Botafogo/PB, no Almeidão

Jefferson, goleiro do NáuticoJefferson, goleiro do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

O Náutico ainda não está classificado matematicamente à próxima fase da Série C 2019, mas a segunda colocação do Grupo A, com 27 pontos, deixou o time muito próximo de conseguir a vaga no mata-mata, podendo acontecer já no sábado (17), diante do Botafogo/PB, no Almeidão. Basta um empate para alcançar as quartas de final. E, consequentemente, encarar um dos times do G4 do Grupo B. Mas o lema no Timbu é colocar os pés no chão é evitar o outro lado da chave sem antes definir sua vaga.

"Foi um pedido do professor (Gilmar Dal Pozzo) para não avaliarmos a outra chave porque não nos classificamos ainda. Vamos trabalhar para classificar e, vendo a colocação que vamos terminar, nós pensaremos no adversário", disse o goleiro Jefferson. "Estamos perto de conseguir o primeiro objetivo traçado pelo clube, mas sabemos que ainda faltam dois jogos. Vamos analisar bem a equipe deles (Botafogo) para sairmos com a vitória ou pelo menos com o empate", completou.

Por enquanto, o G4 do Grupo B está assim: Juventude (1º, com 27), Ypiranga/RS (2º, com 25), São José/RS (3º, com 25) e Volta Redonda (4º, com 24).

Para se classificar...

Segundo colocado do Grupo A, com 27 pontos, o Náutico precisa apenas de um empate no próximo jogo, contra o Botafogo/PB, no Almeidão, para se classificar ao mata-mata. Caso consiga, a equipe chegará aos 28, podendo permanecer na vice-liderança ou cair uma posição, se o Confiança (3º) vencer o Treze (9º), no Batistão.

Leia também:
Histórico aponta para equilíbrio em Timbu x Belo
Josa elogia Jiménez e comemora gol diante do Sampaio

A vaga estará garantida porque o Belo, hoje em quinto, estacionaria nos 25 pontos e não teria como passar o Timbu na rodada final mesmo se vencer seu confronto posterior, somado ao tropeço do concorrente no clássico contra o Santa Cruz - os alvirrubros levariam vantagem no critério do número de vitórias. Na pior das hipóteses, os comandados do técnico Gilmar Dal Pozzo encerrariam a participação na quarta colocação.

Caso perca para o Botafogo, o Náutico não sairá do G4, podendo cair somente para quarta. Mas a situação ficaria delicada se os demais concorrentes vencerem seus confrontos. Casos de Confiança (3º), Imperatriz (4º) e Santa Cruz (6º). Para não depender de outros clubes, o Timbu teria que vencer o Santa, nos Aflitos, para não passar mais uma temporada longe da Série B. Se não superar o Tricolor, a classificação só viria com o tropeço dos demais times que brigam no pelotão de cima.

Veja também

Kleina admite desempenho abaixo do esperado diante do Cuiabá
Futebol

Kleina admite desempenho abaixo do esperado diante do Cuiabá

Náutico joga mal e perde por 1x0 para o Cuiabá
Futebol

Náutico joga mal e perde por 1x0 para o Cuiabá