Jefferson explica estratégia nos pênaltis do mata-mata

Goleiro foi decisivo nas penalidades das quartas de final, contra o Paysandu, e na semifinal, perante o Juventude

Jefferson pegou um pênalti no jogoJefferson pegou um pênalti no jogo - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Duas classificações conquistadas nas penalidades e, em ambas, com participação decisiva do camisa 1. Tanto nas quartas de final, contra o Paysandu, como na semifinal, perante o Juventude, ambas nos Aflitos, o goleiro Jefferson brilhou no Náutico, ajudando o Timbu a subir a Série B e, posteriormente, comemorar uma vaga na decisão da Série C 2019. Um pênalti defendido em cada confronto. Bom desempenho fruto de muito estudo.

“Depois do jogo contra o Santa Cruz (última rodada da primeira fase), nós começamos a treinar pênaltis. No futebol, em todas as áreas, nada é por acaso, mas sim competência. Nos preparamos muito e eu estava bem tranquilo por ter visto o que tínhamos feito durante a semana. Tivemos ajuda da nossa análise de desempenho. Conversei com Gilmar (Dal Pozzo, técnico), Matheus, Luiz, Gilberto (preparador de goleiros), vendo os batedores. Claro que queria defender mais. Algumas vezes você estuda, vê o vídeo, mas o batedor troca. Mas ainda assim fui feliz em defender os pênaltis”, pontuou.

Decisivo na fase de mata-mata, Jefferson agora foca nos dois confrontos da final da competição, perante o Sampaio Corrêa. O duelo de ida será domingo (29), às 16h, nos Aflitos. A volta acontecerá no dia 6 de outubro, no mesmo horário, no Castelão.

“Tenho quase oito anos aqui. Parece que a ficha não caiu. O que esse grupo passou durante a competição e as coisas que abrimos mão para chegar onde chegamos...É o melhor momento da minha vida no clube e vou guardar com carinho o que vivi. Mas não paramos por aqui e ainda temos o que conquistar”, afirmou.

Time

Ainda por conta de dores na coxa direita, o meia Jean Carlos não participou mais uma vez do treino do Náutico e corre o risco de desfalcar o time diante dos maranhenses, assim como o atacante Thiago, que se recupera de um edema no tornozelo esquerdo.

Leia também:
Lesão, retorno ao lar e acesso: Diego comemora sequência no Náutico
Náutico divulga preço dos ingressos para final da Série C

Veja também

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos
Náutico

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time
Liga dos Campeões

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time