JEPs conhece primeiros campeões nos esportes coletivos

EMAAF, Hermon, DOM e Noronha Filho venceram no futsal e no vôlei e têm vaga certa na versão nacional dos Jogos

Meu Querido Filho (2018)Meu Querido Filho (2018) - Foto: Reprodução

Após cinco dias de disputas em Arcoverde, no Sertão, Pernambuco definiu os primeiros campeões das modalidades coletivas nos Jogos Escolares – JEPs 2016 na categoria Infantil (15 a 17 anos). Nesta segunda-feira, quatro colégios subiram ao lugar mais alto do pódio e se tornaram os primeiros representantes do Estado confirmados nos esportes coletivos dos Jogos Escolares Brasileiros - JEBs, marcados para a primeira quinzena de novembro, em João Pessoa, na Paraíba.

Nesta primeira parte da fase final dos JEPs, que contou com mais de 750 atletas e 63 escolas, os vencedores saíram no vôlei e no futsal. No futsal feminino, a equipe da Escola Marechal Antônio Alves Filho (EMAAF), de Petrolina, derrotou o Jandira de Andrade, de Limoeiro por 2x0 para se consagrar campeã. Já no masculino, o Centro Educacional Hermon, de Olinda, atual campeão do JEPs e do JEBs, conseguiu o título com uma goleada em cima do Radar, de Vitória, por 6x0.

O destaque ficou por conta do atleta Allan Guilherme, que marcou cinco dos seis gols do jogo. “Esse título foi de suma importância para nós. É um trabalho que vem sendo feito desde o ano passado e conseguimos manter uma base. Temos agora uma grande responsabilidade em representar o Estado. Sabemos que não será fácil, mas buscaremos um novo título para Pernambuco”, ressaltou o treinador do Hermon, Saulo Rosal.

Já no vôlei feminino, o Colégio DOM, de Olinda, bateu o XV de Novembro, de Garanhuns, por 2 sets a 0, e garantiu o título. No masculino, em uma final histórica entre duas escolas públicas, o Noronha Filho, de Barreiros, levou a melhor em cima do Polivalente, de Abreu e Lima, também por 2 sets a 0. A competição continua no interior do Estado. A partir desta terça-feira, serão realizados os torneios de basquete e handebol.

Veja também

Vítima de racismo, jogador brasileiro deixa de ir ao mercado na Geórgia
Futebol

Vítima de racismo, brasileiro deixa de ir ao mercado na Geórgia

Jorge aprova cinco substituições em retorno ao futebol
Futebol

Jorge aprova cinco substituições em retorno ao futebol