João Félix nega pressão por ter custado R$ 546 milhões

Em entrevista à imprensa portuguesa, atacante do Atlético de Madrid ainda falou sobre alcançar os feitos de CR7

João Felix, atacante do Atlético de MadridJoão Felix, atacante do Atlético de Madrid - Foto: AFP

O atacante português João Félix, 20, diz não se sentir pressionado apesar de ter sido protagonista da quarta contratação mais cara da história do futebol. Ele chegou ao Atlético de Madri (ESP) ao custo de 126 milhões de euros (cerca de R$ 546 milhões na cotação da época).

"Claro que, no início, temos sempre aqueles dias após a transferência e pensamos: 'Porra, eu custei 126 milhões de euros'. Mas, depois, isso passa. Só me lembro quando as pessoas falam disso", disse o atleta formado pelo Benfica (POR) à imprensa portuguesa.

"Não quero parecer ingênuo, mas a verdade é que não senti pressão por causa do dinheiro. Percebi que havia grandes expectativas sobre mim, mas nunca vi isso como algo ruim. Estive sempre muito calmo nesta fase de adaptação, com o apoio da minha família e dos meus amigos. Quando treino e jogo, só me interessa o futebol", afirmou.

O jovem jogador ainda falou sobre alcançar os feitos de Cristiano Ronaldo, seu compatriota. "Aos 20 anos, digo que, embora essa distância pareça grande, isso não me assusta. Não sei como será minha carreira, mas, em condições normais e sem lesões, me vejo jogando até os 35 anos, espero que com motivação e boas condições físicas. Cristiano é único e irrepetível. Eu só quero ser João Felix", acrescentou.

Leia também:
Liverpool amplia diferença na liderança do Inglês no Boxing Day
Com lesões e problemas extracampo, Neymar tem pior ano da carreira

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8
Basquete

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8