João Paulo admite rebaixamento após derrota para o Botafogo

Meia declarou que o clube já precisa planejar a temporada 2017

.. - Foto: Divulgação

Depois de mais uma derrota na Série A do Campeonato Brasileiro, a 21ª em 32 jogos, o meia João Paulo admitiu que o clube não tem mais condições de escapar do rebaixamento. Com o tropeço por 1x0, para o Botafogo, no Arruda, o Tricolor manteve-se na 19ª posição do torneio, com 23 pontos. Para o atleta, o momento é de planejar 2017.

“A gente não queria passar uma situação como essa. Não foi falta de luta. Outros fatores têm influenciado. Mas bola para a frente porque a gente sabe que o Santa Cruz é grande e tenho certeza que no ano que vem vamos fazer uma boa campanha para voltar à Série A”, declarou o meia.

No gol do Botafogo, feito por Rodrigo Pimpão, o goleiro Tiago Cardoso e o lateral-direito Léo Moura discutiram após uma falha na marcação. No final do jogo, o camisa 1 negou que tenha errado no lance, indicando que o companheiro de clube teria transferido a responsabilidade da jogada para ele.

"Era uma bola curta, baixa. Tenho que esperar a definição dela. Se alguém desvia, estou morto. Quando tive que reagir, o cara entrou sozinho. Não pode haver transferência (responsabilidade). Na minha opinião, eu não falhei", pontuou.

Após o jogo, o técnico Doriva minimizou a discussão entre a dupla. "Tudo transcorreu tranquilamente no vestiário. São coisas do jogo. O atleta está com a cabeça quente e ninguém gosta de perder. Se o torcedor está chateado, nós estamos mais ainda porque vivenciamos isso no dia a dia. Então se cria uma expectativa a cada jogo e acabamos perdendo. Mas com certeza isso vai trazer experiência para nós", cravou.

Veja também

Palmeiras anuncia contratação do técnico português Abel Ferreira
Futebol

Palmeiras anuncia contratação do técnico português Abel Ferreira

Sem casos no Sport, Jair se solidariza com Kleina e Martelotte, diagnosticados com Covid
Sport

Sem casos no Sport, Jair se solidariza com Kleina e Martelotte, diagnosticados com Covid