João Paulo defende mudança de mando de campo: "estamos enfrentando um problema financeiro"

Com relação ao jogo, o meia elogiou o Flamengo, atual vice-líder da Série A, e que almeja o título do campeonato

Encurralado Encurralado  - Foto: YouTube / Reprodução

Os problemas financeiros do Santa Cruz tem sido tema recorrente pelas bandas do Arruda. O clube inclusive vendeu o mando de campo da partida contra o Corinthians, que será realizada na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A ideia é arrecadar fundos com o público local. O meia João Paulo disse entender, e até apoiar, a medida adotada pelos dirigentes tricolores. Vale lembrar que o clube deve três meses de salários aos atletas e cinco aos funcionários.

"O Santa Cruz está enfrentando um problema financeiro. Nós jogadores temos de encarar a venda do mando de campo como uma medida positiva", disse o jogador. "Cada atleta sabe do seu bolso e da sua situação. É algo muito pessoal. Mas todo trabalhador quer ter seu salário em dia", completou João Paulo, que deve ser titular no confronto contra o Flamengo, no final de semana.

Com relação ao jogo, o meia elogiou o adversário, atual vice-líder da Série A, e que almeja o título do campeonato. “O Flamengo tem um bom toque de bola e gosta de envolver o adversário. Temos que saber aproveitar as chances que serão dadas para fazer os gols. Se não vai ser complicado", afirmou. Apesar das mínimas chances de permanência na Série A, para 2017, o discurso permanece de confiança. "A gente tem esperança de conseguir pontos para sair dessa situação."

Ao lado do atacante Keno, João Paulo também tem se destacado no Santa Cruz nesta Série A. O companheiro, inclusive, tem propostas para deixar o Arruda, ao final da temporada. Já o meia tricolor preferiu não falar no assunto. "Seria uma falta de compromisso nosso, a gente chegar aqui para falar de negociações com outros clubes, para 2017", contou.

Veja também

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius
Futebol

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'