Jobson sai da cadeia e planeja retorno ao futebol

Atacante passou 70 dias preso por desrespeitar decisão judicial no processo em que é acusado de estupro

Jobson coleciona polêmicas na carreiraJobson coleciona polêmicas na carreira - Foto: Vitor Silva/Divulgação/Botafogo

O atacante Jobson, que passou pelo Botafogo, deixou a cadeia em Colmeia, no interior do Tocantins, onde passou os últimos 70 dias. Ele respondia em liberdade a uma acusação de estupro de vulnerável, mas foi preso ao desrespeitar a decisão judicial de não sair de sua cidade durante o processo.

Com a expiração da prisão cautelar, Jobson pagou uma multa de dez salários mínimos e deixou a cadeia no início da tarde desta segunda-feira (28) rumo a Couto Magalhães, na divisa entre Tocantins e Pará, onde vive com sua família. Ele será monitorado com uma tornozeleira eletrônica. As informações foram passadas por seu advogado, Paulo Brazeiro, que também disse que o jogador de 29 anos está confiante em ser absolvido da acusação de estupro.

"Ele estava um pouco abalado", disse o advogado sobre o período em que Jobson esteve preso. "Mas a expectativa dele de voltar a jogar é muito grande. Até mesmo antes da prisão ele já vinha se preparando bastante pra isso, visando o retorno ao futebol no início do ano que vem. Acredito que essa suspensão da Fifa se encerra em março e já tem vários clubes conversando com ele."

Jobson foi suspenso por quatro anos pela Fifa por ter se recusado a fazer um exame antidoping em 2014.

Brazeiro disse que é o próprio jogador quem vem conversando com os clubes para seu retorno ao futebol. O advogado espera que o processo relativo à acusação de estupro tenha uma sentença favorável em três meses. "Ele está muito confiante de que vai consegui ser absolvido", disse Brazeiro.

O caso inicialmente foi investigado pela Polícia Civil do Pará, mas foi transferido para a Justiça de Tocantins. A festa onde supostamente teria ocorrido o abuso de vulnerável aconteceu em uma chácara na cidade de Couto Magalhães, no oeste de Tocantins
Na época, duas jovens disseram à polícia que estavam sob efeito de bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes colocadas na bebida.

Ainda que não estivessem inconscientes, manter relações sexuais com menores de 14 anos é considerado crime de "estupro presumido" no Brasil. Pela lei penal brasileira, uma pessoa menor de 14 anos não possui o discernimento necessário para decidir manter uma relação sexual. Assim, ainda que ela faça sexo consensual com alguém maior de idade, o ato é considerado estupro.

Suspenso do futebol profissional até março de 2018, Jobson vinha atuando no futebol amador. Recentemente, o atacante foi suspenso de torneio em Conceição do Araguaia (PA) por agredir árbitro e adversário. A punição no torneio amador é válida por 180 dias.

Veja também

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno
Sport

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno