Jogador de futsal do Corinthians é assassinado

Douglas Nunes tinha 27 anos, defendia a equipe paulista há um ano e tinha passagens pela seleção brasileira

Douglas NunesDouglas Nunes - Foto: Divulgação

O jogador Douglas Nunes da Silva, 27, pivô da equipe de futsal do Corinthians, foi assassinado na madrugada deste domingo (11), no centro de Erechim-RS. O atleta foi alvejado ao sair de uma festa que ocorria em um clube da cidade. A polícia local investiga o caso.

O Corinthians está em Erechim, onde foi eliminado da Taça Brasil após derrota para o Atlântico por 5x3. Douglas não marcou nenhum gol na partida. O time de Parque São Jorge permaneceu na cidade pois tem jogo marcado novamente contra o Atlântico, quarta-feira, desta vez, pela Liga Nacional de Futsal.

Leia também:
Futsal abre alas para Fase Estadual dos JEPs
Tamandaré representa Pernambuco na Taça Brasil de Futsal


Douglas, que vestia a camisa 9 do Corinthians, chegou ao clube em 2018 e disputou 56 jogos, sendo 53 como titular. Ele marcou 21 gols pelo time de Parque São Jorge. O pivô do Corinthians também coleciona passagens pela seleção brasileira e, ao longo de sua carreira, conquistou títulos como a Super Liga, Liga Paulista, Copa Paulista, Copa do Cazaquistão e Eremo Cup.

O Corinthians lamentou a morte do jogador em sua conta oficial no Twitter.

Veja também

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"
Santa Cruz

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica de 27 pontos na competição
Série C

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica