Jogadores do Sport voltam a lamentar retranca adversária

Zagueiro Ronaldo Alves afirmou que o Salgueiro jogou por uma bola apenas e isso dificultou a vida leonina

Anselmo, volante do SportAnselmo, volante do Sport - Foto: Williams Aguiar/assessora do Sport

É um filme que se repete a cada insucesso do Sport. Sempre que o time não consegue bater um adversário, o discurso quase uníssono é em tom de queixa pelo time adversário ter se retrancado e "jogado por uma bola". No empate contra o Salgueiro, neste domingo (04), não foi diferente. Controlando as ações do jogo, mas com dificuldade para criar chances claras, os leoninos adotaram o mesmo discurso.

Leia mais
Sport empata em 1x1 e não alcança a liderança do PE 2018 
[Vídeo] Sport apresenta pequeno guerreiro "contratado"
Agente de Diego Souza nega discussão e volta para o Sport
Everton Felipe tem data para volta e fala sobre maturidade

Um dos destaques partida, o zagueiro Ronaldo Alves foi um deles a se queixar de uma possível retranca salgueirense. "Nós tentamos, mas o time adversário se fechou e não saia para o jogo. Eles jogaram por uma bola e tiveram a felicidade num lance", comentou.

Neste Campeonato Pernambucano, o mesmo discurso foi adotado na derrota para o Náutico, por 3x0, na Arena de Pernambuco, e no empate contra o Belo Jardim, por 0x0, no Lacerdão, por exemplo. Em atuação apagada, o atacante Índio acabou substituído, mas não deixou de lamentar a postura do time adversário. "É sempre difícil encarar o Salgueiro aqui. Eles jogam dessa forma, fechados e é muito complicado achar uma brecha. Mas, faz parte", pontuou.

Veja também

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'
Santa Cruz

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'