Josa e Goiano apontam erros que levaram Náutico à derrota

Tanto o jogador como o treinador, sob pressão, foram enfáticos ao apontar as falhas na derrota para o Sport

Márcio Goiano lamenta a série de erros cometida pelo NáuticoMárcio Goiano lamenta a série de erros cometida pelo Náutico - Foto: Paullo Allmeida

Na visão do volante Josa, capitão do Náutico, e do técnico Márcio Goiano, a série de erros cometidos pelo Timbu foram determinantes para a derrota diante do Sport, neste domingo, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Pernambucano. Tanto o jogador como o treinador, que vê a pressão aumentar após sofrer o terceiro revés neste início de temporada, foram enfáticos ao admitir as falhas, algumas delas expostas nas entrevistas, como o baixo aproveitamento dos passes.

Leia também:
Superior, Sport bate o Náutico no Clássico dos Clássicos
Milton elogia atuação do Sport e espera definição de Durval

Após a partida, o semblante de decepção era visível nos atletas alvirrubros. Um dos poucos a falar na saída do gramado, Josa não poupou críticas ao time. “A culpa (pela derrota) é da própria equipe, dos 11 que estão lá dentro e não dão resultado. Temos que trabalhar mais, errar menos porque, enquanto isso estiver acontecendo, vamos continuar perdendo”.

Para Márcio Goiano, o quesito em que a equipe mais pecou foram os passes, uma situação que, segundo ele, não deve ocorrer com o Náutico. “Foi o que me chamou mais atenção, principalmente por se tratar de uma equipe experiente como a do Náutico. Por conta disso, não conseguimos ter posse de bola para chegar ao gol adversário”, disse o treinador na entrevista coletiva.

Apesar de indicar falhas da equipe, o técnico entrou em contradição ao pedir uma auto-reflexão sobre o assunto, quando questionado sobre a fala de Josa. “Não adianta a gente apontar os erros do companheiro. É muito fácil você apontar para o companheiro o erro dele, mas primeiro tenho que apontar os meus”, ponderou o comandante.

O treinador também apontou um erro da arbitragem no lance que originou o primeiro gol da partida, marcado por Hernane Brocador, aos cinco minutos da etapa inicial. “O atleta do Sport usou o corpo de Assis e ali ganhou a bola no giro, fazendo o primeiro gol, que fez a diferença naquele momento”.

Com a derrota para o Sport, o Náutico caiu para a vice-lanterna do Campeonato Pernambucano, competição em que ainda não venceu. O próximo compromisso alvirrubro é contra o Petrolina, nesta quarta-feira, nos Aflitos, em partida da 2ª rodada do Estadual. O time se reapresenta já nesta segunda-feira visando à preparação para a partida.

Veja também

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana
Futebol

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei
Futebol

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei