A-A+

José Roberto Guimarães tira time de quadra e é eliminado na Copa Brasil

Fato aconteceu após divergências com a arbitragem em partida contra o Praia Clube. O Barueri foi eliminado

Time de vôlei feminino do São Paulo/Barueri/SPTime de vôlei feminino do São Paulo/Barueri/SP - Foto: Rubens/Chiri/Divulgação

A noite desta terça-feira (21) marcou um episódio particular no vôlei nacional. Em partida disputada pela Copa Brasil, em Uberlândia (MG), o técnico José Roberto Guimarães tirou o seu time, o São Paulo/Barueri/SP, de quadra após discordar de marcações controversas da arbitragem. A equipe jogava com o Dentil Praia Clube/MG pela fase de classificação do torneio, que reúne as oito primeiras colocadas do primeiro turno da Superliga em uma disputa paralela.

Por conta do episódio, o treinador foi penalizado com um cartão vermelho, o que definiu a vitória do Praia Clube e eliminou o time paulista – no vôlei, o cartão vermelho dá um ponto ao adversário. Na semifinal, as classificadas farão um duelo mineiro com o Itambé/Minas, em partida marcada para o dia 31 de janeiro, em Jaraguá do Sul (SC).

Entenda
O confronto estava empatado em 26/26 no quarto set e o Praia vencia por 2 sets a 1. O Barueri então reclamou de um lance que as mineiras teriam atacado para fora, mas a arbitragem assinalou desvio na defesa. Com o placar em 27/26, Lorenne atacou e estabeleceu nova igualdade (27/27). Foi quando a líbero Nyeme recebeu um cartão vermelho por reclamação ainda referente ao ponto anterior, o que valeu um ponto para o time mineiro (28/27).

José Roberto Guimarães, que já havia sido advertido com um amarelo anteriormente, pediu para as atletas saíram da quadra. O Praia foi para o saque com o outro lado vazio, e a arbitragem deu mais um cartão vermelho para o time de Barueri, o que decretou a vitória mineira por 29/27.

O árbitro principal da partida, Fernando de Souza, explicou a situação e disse que o cartão vermelho de José Roberto Guimarães foi motivado por "conduta rude". O treinador assumiu a responsabilidade, cumprimentou a comissão técnica do Praia, liderado pelo pernambucano Paulo Coco, seu assistente na seleção brasileira feminina, e deixou o ginásio.

COPA BRASIL 2019

Fase classificatória

21.01 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ 3 x 2 Pinheiros (SP), às 19h30, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) – Canal Vôlei Brasil (25/19, 23/25, 25/19, 22/25 e 15/12)

21.01 (TERÇA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 1 São Paulo/Barueri (SP), às 19h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) – Canal Vôlei Brasil (25/16, 25/23, 23/25 e 29/27)

21.01 (TERÇA-FEIRA) – Itambé/Minas (MG) 3 x 1 Fluminense (RJ), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – Canal Vôlei Brasil (25/10, 25/16, 24/26 e 25/15)

21.01 (TERÇA-FEIRA) – Osasco-Audax (SP) 1 x 3 Sesi Vôlei Bauru (SP), às 20hs, no José Liberatti, em Osasco (SP) – Canal Vôlei Brasil (22/25, 18/25, 25/23 e 22/25)

Semifinal

31.01 (SEXTA-FEIRA) – Sesc RJ x Pinheiros (SP), às 19h30, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul (SC) – SporTV 2

31.01 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) x Itambé/Minas (MG), às 21h30, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul (SC) – SporTV 2

Final

01.02 (SÁBADO) – Vencedor do jogo 5 x Vencedor do jogo 6, às 21h30, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul (SC) – SporTV 2

Veja também

Barcelona apresenta balanço com prejuízo superior a R$ 3 bilhões
Espanha

Barcelona apresenta balanço com prejuízo superior a R$ 3 bilhões

Após greve de três dias, jogadores voltam aos treinos no Cruzeiro
SÉRIE B

Após greve de três dias, jogadores voltam aos treinos no Cruzeiro