A-A+

Julio Romão e Pedro Maycon são apresentados e ressaltam oportunidade

Perfil da dupla é o mesmo dos outros contratados que integram o elenco para a próxima temporada

Volante Julio Romão e o atacante Pedro Maycon foram alguns que não agradaram SchülleVolante Julio Romão e o atacante Pedro Maycon foram alguns que não agradaram Schülle - Foto: Allan Lopes / Folha de Pernambuco

Após Bileu, Mayco Felix e Carlos Miguel, mais dois reforços do Santa Cruz visando 2020 foram apresentados na tarde desta terça-feira. O volante Julio Romão e o atacante Pedro Maycon conversaram com a imprensa sobre a expectativa de vestir a camisa coral. Os dois seguem o perfil aplicado pelos dirigentes tricolores neste primeiro momento, sem chances no escalões mais altos e contratados como apostas. Até o momento, o Tricolor acertou com sete reforços no total.

Com o compromisso de ir ao Centro de Treinamento Ninho das Cobras, onde ocorreria o treino da equipe pouco tempo depois, o executivo Nei Pandolfo comentou brevemente as novas aquisições. “São dois atletas jovens, com grande potencial. A gente acredita que possam nos dar muita alegria em campo e podem se tornar, inclusive, ativos do clube. Todos os dois vêm treinando muito bem, agradando a comissão técnica. Eu tenho certeza que vão ser muito felizes aqui.

Natural de San Martin, Pedro Maycon, de 25 anos, construiu a carreira no interior do Estado e ganhou destaque após brilhar no Campeonato Pernambucano 2019 defendendo o Flamengo de Arcoverde, quando marcou 4 gols em sete partidas. “Feliz de estar vestindo essa camisa do Santa, uma camisa de time grande. Sempre sonhei, esperei essa oportunidade, trabalhei muito. A gente que vem jogando em time de interior sempre busca essa oportunidade, e não foi diferente. Que seja um ano de vitórias”.

Vivendo um momento difícil com o falecimento da mãe, o atacante relatou que a transferência foi determinante para dar prosseguimento na carreira. “Minha família está muito feliz. Logo após uma perda da minha mãe, a mulher que eu mais amava na minha vida. Quando a gente perdeu, pensei em desistir, mas vi que foi onde ela estaria feliz com essa oportunidade que Deus me deu. E a família agarrou de braços abertos e agora tá fechada comigo”, disse.

Julio Romão, em contrapartida, se mostrou um pouco mais introvertido nas respostas. O volante explicou as suas características no setor e como pode se encaixar em campo. “Sou um volante de uma pegada boa, que gosta de ficar com a bola. Gosto de jogar pra frente e buscar sempre objetividade dentro de campo”. Julio desembarca no Recife após um período na Ponte Preta, onde jogou no time de aspirantes da Macaca, mas não teve chances na equipe principal. Sem saber definir a razão para não receber oportunidades, ele “Continuo trabalhando forte para fazer valer a pena essa oportunidade que eu estou tendo aqui no Santa Cruz”, afirmou.

Leia também:

O lema é ‘fazer história’ pelo Santa Cruz em 2020

Reforma do estatuto deve ser aprovada até fevereiro com emendas 

 

Veja também

Após três viradas seguidas, Hélio afirma não gostar de buscar o resultado: "Quero sair na frente"
NÁUTICO

Após três viradas seguidas, Hélio afirma não gostar de buscar o resultado: "Quero sair na frente"

Com três de Firmino e pintura de Salah, Liverpool goleia Watford
FUTEBOL INGLÊS

Com três de Firmino e pintura de Salah, Liverpool goleia Watford