Sport

Justiça do Trabalho condena Sport a pagar R$ 902 mil para Diego Souza

Em ação que corre desde 2019, clube rubro-negro deve nove parcelas de acordo feito em 2017

Diego Souza move ação contra o Sport na JustiçaDiego Souza move ação contra o Sport na Justiça - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O ano mudou, mas o Sport segue convivendo com problemas jurídicos. Carma do clube durante 2020, desta vez o clube foi condenado, na última segunda-feira (25), pela Justiça do Trabalho a pagar R$ 902 mil a Diego Souza, ídolo rubro-negro e que atualmente defende o Grêmio. O Leão tem até esta quarta-feira (27) para pagar o débito, mas ainda pode entrar com recurso.

Diego Souza pedia pouco mais de R$ 1 milhão, mas alguns dos pedidos feitos pelo jogador não foram aceitos pela juíza Roberta Corrêa de Araújo Monteiro, da 14ª Vara do Trabalho do Recife. Em contato com a Folha de Pernambuco, o presidente em exercício do Sport, Carlos Frederico, falou que encaminhou o caso ao departamento jurídico. "Naturalmente, é mais um caso dos muitos que temos recebido todo mês, toda semana. Já está nas mãos do departamento jurídico, vamos ver o que vai ser resolvido dentro do prazo estabelecido", contou. A reportagem tentou contato com o vice-jurídico do clube, Manoel Veloso, mas não teve sucesso.  

A ação corre desde 2019 e é referente a nove parcelas não pagas pela instituição da Praça da Bandeira, após acordo feito com o ex-camisa 87, em 2017. Cada parcela equivale a R$ 66.848,76, totalizando R$ 601.638,84. Além disso, o clube tem que pagar R$ 300.819,42, equivalentes a multa de 50% sobre o valor das parcelas em aberto. 

 

Veja também

Jair lamenta não classificação do Sport à Sula: 'tiraram a cereja do bolo'
Sport

Jair lamenta não classificação do Sport à Sula: 'tiraram a cereja do bolo'

Mesmo com derrota, Flamengo é campeão brasileiro da Série A
Futebol

Mesmo com derrota, Flamengo é campeão brasileiro da Série A