Juventude e experiência: Santa define perfil do elenco

Médias de idade e altura do elenco tricolor estão em 24,6 anos e 1,82m, respectivamente. Santa anunciou mais três reforços

O volante Diego Lorenzi (6) e o lateral Bruno Ré (21) iniciaram os treinamentos no Arruda após serem apresentadosO volante Diego Lorenzi (6) e o lateral Bruno Ré (21) iniciaram os treinamentos no Arruda após serem apresentados - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Com o perfil do elenco definido para a temporada 2019, a diretoria de futebol do Santa Cruz preza pela mescla de juventude e experiência. Atualmente, o técnico Leston Júnior conta com 23 atletas - dez remanescentes, seis reforços e sete da base, sendo seis do Sub-23 e um do Sub-20. De acordo com o gerente remunerado do clube, Luciano Sorriso, a média de idade do grupo atual é de 24,6 anos e 1,82m de altura. Os mais velhos são o zagueiro Danny Morais e o atacante Pipico, ambos com 33 anos e remanescentes.

“É fundamental a mistura entre os mais veteranos e os garotos. O nosso treinador já pediu isso e temos buscado montar um elenco competitivo”, simplificou o dirigente tricolor, em entrevista coletiva.

Com a chegada do lateral-esquerdo Bruno Ré, do volante Diego Lorenzi e do meia Allan Dias, todos anunciados oficialmente nessa segunda (10), a quantidade de reforços do Santa subiu para seis. O trio recém-contratado tem mais rodagem do que os novatos que estão no Arruda desde a apresentação, no dia 3 deste mês: zagueiro Vitão, volante Lucas Gonçalves e meia Luiz Felipe. Bruno Ré e Diego Lorenzi já foram integrados ao elenco e treinaram no Arruda, enquanto Allan Dias só desembarcou na capital pernambucana no fim da tarde de segunda.

“São três jogadores com certa experiência e que já passaram por clubes de tradição. São perfis diferentes dos que foram anunciados anteriormente. Esperamos fazer com que, gradativamente, possamos formar uma equipe forte para 2019”, declarou o diretor Luciano Sorriso.

Leia também:
Santa confirma proposta por Daniel Costa, mas volta está distante
Santa busca contratação de um goleiro para disputar camisa 1
Técnico Leston Júnior presenteia Tite com camisa do Santa


O Santa ainda busca mais quatro contratações para completar o número de dez reforços nesse primeiro momento. Três delas, inclusive, foram prometidas até o final desta semana pelo executivo de futebol Luciano Sorriso, que ainda revelou que o clube procura um goleiro no mercado para disputar a camisa 1 com Ricardo Ernesto, remanescente.

Negociações

O meia Carlinhos Paraíba não negocia mais a renovação contratual com o clube. As conversas entre as partes foram encerradas por conta de questões financeiras. O salário do camisa 12 não cabe no orçamento da diretoria. Em relação ao futuro do lateral-direito Vítor, a situação segue em aberto, mas o Santa Cruz ainda tem interesse em estender o vínculo do experiente atleta, de 36 anos de idade.

Antes de Carlinhos Paraíba, o Santa havia perdido o zagueiro Sandoval, o lateral-esquerdo Allan Vieira e os meias Jailson e Arthur Rezende. Vale lembrar que a direção de futebol queria segurar os cinco atletas, mas a crise financeira dificultou a negociação.

 

Veja também

Hélio se diz "muito satisfeito" e destaca personalidade da equipe em nova vitória na Série B
Náutico

Hélio se diz "muito satisfeito" e destaca personalidade da equipe em nova vitória na Série B

Em tarde de Alex Alves, Náutico vence Botafogo por 3 a 1 e segue 100% na Série B
Série B

Em tarde de Alex Alves, Náutico vence Botafogo por 3 a 1 e segue 100% na Série B