Kuki e Kieza são inspirações para Anselmo no Náutico

Mesmo com a mudança de clube e já com 36 anos, o atacante espera terminar o ano de 2017 novamente entre os maiores artilheiros do Brasil

Comissão de Direitos Humanos da Câmara do RecifeComissão de Direitos Humanos da Câmara do Recife - Foto: Divulgação

Há muito tempo o Náutico está em busca de um artilheiro, um centroavante que o torcedor possa ter a certeza de gols. Nesta temporada, o candidato é Anselmo, terceiro atleta que mais balançou as redes no futebol brasileiro em 2016, com a camisa do Fortaleza. Apresentado oficialmente nesta terça (3), no CT Wilson Campos, o atacante assume a responsabilidade de ser a esperança de gols do time. E dois ídolos recentes do Alvirrubro, Kuki e Kieza, servem como exemplo ao novo reforço.

“Tive a oportunidade de jogar com Kuki, um amigo que o futebol me deu e tem me ajudado nesse retorno, passado orientações. Kieza eu conheci na China. Foram nomes que marcaram no clube. E vou procurar me espelhar neles para ser uma referência como foram aqui. Dar a resposta ao torcedor, que necessita continuar tendo ídolos no Náutico”, afirmou Anselmo, que vestiu a camisa do Náutico em 2005 numa curta passagem.

Mesmo com a mudança de clube e já com 36 anos, o atacante espera terminar o ano de 2017 novamente entre os maiores artilheiros do Brasil. Desta vez, numa posição melhor e até com mais gols. Embora não coloque um número como meta, Anselmo não esconde o desejo em superar as suas marcas.

“Tenho metas e procuro me identificar o mais rápido possível com os companheiros, o clube e a torcida. Sei da necessidade dos gols e que a expectativa é grande na minha vinda. Não sou de prometer gols, mas buscar fazer a todo momento. Quero superar meus números do ano passado. Espero marcar o máximo possível de gols e ajudar o Náutico a atingir os objetivos do ano”, finalizou.

Pré-temporada


O meia Marco Antônio e o goleiro Bruno se juntaram apenas nesta tarde ao elenco do Náutico para iniciar os trabalhos da pré-temporada. Hoje, a diretoria espera receber o volante Rodrigo Souza e o atacante Giva, contratado para este ano e que estava no Joinville.

Veja também

Hélio destaca dimensão de confronto contra o Coritiba: "o mais difícil que vamos enfrentar"
Náutico

Hélio destaca dimensão de confronto contra o Coritiba: "o mais difícil que vamos enfrentar"

Com Santa Cruz no abismo, padre vai ao Arruda benzer vestiários e instalações
Ajuda divina

Com Santa Cruz no abismo, padre vai ao Arruda benzer vestiários e instalações