Kuki terá projeto com atletas da base do Náutico em 2019

A ideia do “11K – Toques de Craque” é, inicialmente, priorizar o trabalho mental e técnico apenas dos atacantes da base

Kuki, ex-jogador do NáuticoKuki, ex-jogador do Náutico - Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

O ano de 2018 ainda não terminou, mas já pode ser considerado como um dos mais emocionantes para o ídolo do Náutico, Kuki. O atual auxiliar-técnico do clube ingressou no curso de Fisioterapia, foi condecorado com o título de cidadão pernambucano e, no domingo, será homenageado na reabertura do estádio dos Aflitos. Porém, o terceiro maior artilheiro da história da instituição, com 184 gols, quer mais em 2019. Além de participar ativamente no trabalho do elenco profissional, o baixinho assumirá um novo compromisso: o projeto “11K - Toques de Craque”, que visa aprimorar fundamentos técnicos dos atacantes da base, com a experiência de quem se acostumou a dar alegria aos alvirrubros.

“Esse é um projeto que sairá do papel ano que vem, mas que eu já falava dele desde 2011. O Internacional já tem um desses. Hoje, a receita do clube passa muito por atletas da base. Vamos trabalhar os fundamentos e deixá-los mais preparados para quando chegarem ao profissional. Isso vai fazer com que o treinador não precise corrigir tanto erros”, afirmou Kuki. Inicialmente, o trabalho será com os atacantes do clube, lidando com fundamentos como posicionamento e finalização. Posteriormente, a ideia é estender a ajuda para laterais, zagueiros e meias. Atletas a partir do sub-13 podem participar da iniciativa.

Kuki nos deu e continua nos dando alegria. Esse projeto faz parte do resgate que estamos buscando, pensando no presente e no futuro. Na visita que fizemos ao Newell’s Old Boys, vimos que eles são bem integrados nesse quesito da base”, disse o presidente do clube, Edno Melo, enfatizando ainda o jogo de despedida organizado pelo Timbu para o atleta após quase uma década da aposentadoria do antigo camisa 11. “Estamos próximos de voltar para casa e nada mais justo o Náutico pagar essa dívida que tinha com ele”, pontuou.

O ídolo alvirrubro continuará atuando na função de auxiliar-técnico do elenco profissional. Os treinos com a garotada acontecerão duas vezes por semana, com observações repassadas aos respectivos treinadores de cada categoria. Vale citar que algumas atletas do profissional já receberam as dicas de Kuki, casos de ex-atacantes do clube como Kieza e Elton.

Prestes a voltar a pisar no gramado dos Aflitos, Kuki não escondeu a emoção em reencontrar a torcida e velhos companheiros da época de atleta. “Uma homenagem em vida é sempre mais louvável. Estou mais ansioso que os torcedores”, brincou o atleta.

Leia também:
Náutico lança camisa especial para volta aos Aflitos
Antes e depois mostra evolução das obras nos Aflitos

 

Veja também

Iago Dias chega ao Náutico para reforçar o ataque e suprir possível saída de Erick
Reforço

Iago Dias chega ao Náutico para reforçar o ataque e suprir possível saída de Erick

Náutico perto de igualar recorde do Corinthians na Série B
Futebol

Náutico perto de igualar recorde do Corinthians na Série B