Liga dos Campeões

Lazio x Bayern e Atlético x Chelsea agitam Champions nesta terça (23)

Jogos de ida acontecem pelas oitavas de final da competição europeia

Lewandowski, principal nome do ataque do Bayern de MuniqueLewandowski, principal nome do ataque do Bayern de Munique - Foto: Christof STACHE / AFP / POOL

Quem poderá deter o Bayern de Munique? O atual campeão enfrenta a Lazio fora de casa, nesta terça-feira (23), na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, enquanto o Atlético de Madrid enfrenta o Chelsea, em Bucareste, na Romênia, devido à pandemia de coronavírus.

Razões para acreditar

Um passo em falso do atual campeão significaria um terremoto no planeta do futebol. O gigante bávaro está há 17 jogos sem perder na principal competição europeia de clubes (16 vitórias e um empate), um recorde absoluto. 

Mas no sábado o líder da Bundesliga perdeu por 2 a 1 para o Eintracht Frankfurt, cinco dias depois de ter empatado também em casa  com o modesto Arminia Bielefeld. Sua vantagem sobre o Leipzig (2º) caiu para dois pontos. 

"Perder cinco pontos em uma semana é muito para o Bayern e não é o que esperamos", disse o presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge, no sábado, lembrando que apenas a vitória em Munique vale a pena, apesar da longa lista de desfalques por coronavírus ou contusões (Benjamin Pavard e Thomas Muller, positivo, estão em quarentena; Serge Gnabry, Corentin Tolisso e Douglas Costa estão lesionados). Já Leon Goretzka, recuperado de sua infecção de covid, volta como titular contra a Lazio. 

"Leon foi muito bem examinado e não tem nenhuma sequela (...) Ele vai começar contra a Lazio", disse seu técnico, Hansi Flick, que já fez o meia jogar no sábado, no segundo tempo, contra o Eintracht. 

Na Lazio, uma semana depois de uma dura derrota para o líder da Serie A, a Inter de Milão, os jogadores comandados por Simone Inzaghi alcançaram a vitória com um gol do espanhol Luis Alberto contra a Sampdoria. Estão em quinto lugar e acumulam uma boa sequência de sete vitórias e uma derrota em oito jogos.

Um líder que tem tropeçado

Três vezes finalista (mas nunca campeão) da Champions (1974, 2014 e 2016), o Atlético de Madrid, joga nesta terça-feira contra o novo Chelsea de Thomas Tuchel. 

O time 'rojiblanco', líder do campeonato espanhol, viaja a Bucareste, com a ideia de retomar seu ímpeto, depois de perder um pouco do fôlego no campeonato espanhol. 

Um empate e uma derrota diante do Levante - um dos jogos que haviam sido adiados - travaram o Atlético, que venceu apenas uma das últimas quatro partidas e tem o Real Madrid, seu perseguidor mais imediato, três pontos atrás. 

"Há momentos de dificuldades para todos, não só para o Atlético. Quem é forte nos maus momentos é aquele que alcança o objetivo", declarou o treinador do time madrilenho, o argentino Diego Simeone. 

Tuchel, que continua invicto desde que assumiu os 'Blues' em 26 de janeiro, vem de um empate em 1 a 1 com o Southampton, que interrompeu uma sequência de cinco vitórias consecutivas. 

O homem que levou o Paris Saint-Germain à final da Champions League na temporada passada enfrenta o desafio agora com o Chelsea, cujo último empate o fez cair do quarto para o quinto lugar na Premier League.

Veja também

Justiça retira exigência de garantia de R$ 26 milhões para São Paulo retomar contrato do GP de F-1
Fórmula 1

Justiça retira exigência de garantia de R$ 26 milhões para São Paulo retomar contrato do GP de F-1

Kieza está no top 3 de artilheiros do Brasil da temporada 2021
Futebol

Kieza está no top 3 de artilheiros do Brasil da temporada 2021