Leão busca repetir façanha de 2016 diante do Cruzeiro

Vitória no campo inimigo, no ano passado, motiva o time a tentar novo êxito diante dos mineiros neste domingo

Diego Souza jogará mais avançado nesta tardeDiego Souza jogará mais avançado nesta tarde - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

No Campeonato Brasileiro do ano passado, 16ª rodada, um combalido Sport surpreendeu o Cruzeiro em pleno Mineirão e venceu por 2x1, com grandes atuações de Rogério e Everton Felipe. Neste domingo, mesmo duelo e cenário daquela ocasião. E os dois protagonistas daquele evento também estarão em campo, com a diferença de que Rogério é atualmente uma das opções no banco de reservas, enquanto o companheiro continua como titular. Em duelo que vale pela briga direta pelo G6, Leão e Raposa se enfrentam às 16h, em Belo Horizonte.

Com 29 pontos, os rubro-negros ocupam a quinta colocação na tábua de classificação da Série A. Já o time mineiro está no nono posto, com 27 pontos, apenas dois a menos que o adversário. Neste ano, as duas equipes se enfrentaram na segunda rodada da competição, com o 1x1 ficando de bom tamanho para o futebol fraco demonstrado pelas duas equipes, no que foi o penúltimo jogo de Ney Franco no comando do Sport, sendo ele demitido na partida seguinte, após a derrota para o Bahia, na grande final da Copa do Nordeste.

De lá para cá, muita coisa mudou. Sob o comando de Vanderlei Luxemburgo os rubro-negros cresceram bastante e de candidatos ao rebaixamento hoje já sonham de forma palpável com uma vaga na Libertadores do ano que vem. Inclusive, o jogo tem um gostinho especial para o treinador leonino. Em 2015, ele foi contratado pela Raposa para substituir o vitorioso Marcelo Oliveira. Sob muita desconfiança da torcida, teve um bom começo, mas acabou sendo demitido do clube poucos meses depois, com um aproveitamento abaixo de 40%.

Para este confronto, o Sport precisará jogar mais do que vem fazendo ultimamente. Nos últimos seis jogos, apenas duas boas atuações, na vitória contra o Bahia e no empate contra o Fluminense. Contra Palmeiras, Arsenal de Sarandi/ARG, Corinthians e Ponte Preta a equipe se mostrou muito apática, previsível e fácil de ser dominada. Peças importantes como Rithely e Diego Souza também caíram de rendimento e comprometeram o desempenho leonino.

Questionado sobre recuperar o futebol de Rogério, por exemplo, Vanderlei Luxemburgo entrou nesse mérito. "Eu não estou preocupado com um jogador ou outro, mas sim em fazer o time manter o alto nível que atingiu. O mais importante para mim é fazer o coletivo funcionar. O individual é consequência", comentou.

Durante esta semana, Diego Souza chegou a ficar fora do treinamento da quarta-feira, mas foi apenas poupado, sendo confirmado para o confronto. Na lateral direita, Samuel Xavier volta após cumprir suspensão e Raul Prata retorna ao banco de reservas. Já o volante Thallyson fica de fora por ter tomado o terceiro cartão amarelo na última rodada.

FICHA DO JOGO:

Cruzeiro
Fábio (Rafael); Ezequiel, Léo, Murilo (Arthur) e Bryan; Hudson e Nonoca; Rafinha, Robinho (Raniel) e Élber; Sassá. Técnico: Mano Menezes.

Sport
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez e Mena; Rithely, Patrick, Everton Felipe, Diego Souza e Lenis; André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Local: Mineirão (Belo Horizonte).
Horário: 16h.
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN). Assistentes: Vinicius Melo de Lima e Jean Marcio dos Santos (ambos do RN).
Transmissão: TV Globo e Premiere.

Veja também

Jair Ventura ressalta 'melhor segundo tempo' do Sport em 'final de Copa do Mundo'
Sport

Jair Ventura ressalta 'melhor segundo tempo' do Sport em 'final de Copa do Mundo'

Hélio agradece jogadores e afirma não ter deixado de acreditar na permanência
Náutico

Hélio agradece jogadores e afirma não ter deixado de acreditar na permanência