Leão com obrigação de vencer e convencer contra Vitória

Em dívida, Sport tem missão de superar Vitória, invicto no Estadual, para apagar má impressão do início de temporada

Nelsinho Baptista, técnico do SportNelsinho Baptista, técnico do Sport - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Misto de desconfiança e esperança, o clima da Ilha do Retiro é um tanto quanto imprevisível. Em dívida com o seu torcedor pelas fracas atuações nos nove jogos que fez até agora. Do outro lado, a expectativa para que os bons ventos voltem a soprar na Praça da Bandeira vem da nova diretoria de futebol, empossada oficialmente na última quinta-feira e liderada pelo vice-presidente de futebol Guilherme Beltrão. Nessa mistura de sentimentos, o Sport tem a missão de bater o único invicto do certame, o Vitória, neste sábado, na Ilha do Retiro, às 18h30. Na quarta colocação com 12 pontos ganhos, o Leão precisa bater o Tricolor das Tabocas, vice-líder, com 13 pontos, e assim igualar o líder Náutico em número de pontos, que joga contra o Flamengo de Arcoverde, na segunda-feira.

Leia também:
"A porta da rua é serventia da casa", diz Guilherme Beltrão
Ataque leonino sofre queda de números no Estadual 2018
 Sob olhar da nova diretoria, Nelsinho culpa ansiedade

E após a atuação pífia no empate em 0x0 diante do Belo Jardim, a expectativa é que Nelsinho Baptista mexa novamente no time. No último compromisso, o comandante leonino já tinha promovido mudanças mesmo vindo de uma vitória diante do América, ainda pela sétima rodada. Na etapa seguinte, contra o Calango, ele manteve o esquema com três volantes, mas acionou Pedro Castro como titular no lugar de Thallyson. Com um baixo rendimento, Pedro Castro foi sacado ainda no intervalo na última quarta-feira, no Lacerdão. Por isso, o mais provável é que o treinador abandone o esquema com um trio de marcação e acione mais um homem ofensivo, podendo armar um trio com Marlone, Rogério e Gabriel, tendo Leandro Pereira como referência no ataque.

Prova da ineficiência ofensiva, o Sport marcou apenas sete gols em sete jogos neste Pernambucano, mesmo jogando contra times teoricamente inferiores ao que terá no Brasileirão da Série A, por exemplo. Servindo como comparativo, o melhor ataque (Náutico) tem o dobro de tentos anotado pelo Leão. "Vai ter cobrança sim. Quem quer ficar fica, quem quiser sair pode ir embora. A porta da rua é serventia da casa. Não é possível termos o melhor time, no papel, e estar no quarto lugar do Campeonato Pernambucano. Não é aceitável", declarou Guilherme Beltrão, adotando o novo estilo linha dura na Ilha do Retiro.

Ficha técnica:

Sport
Magrão; Felipe Rodrigues, Ronaldo Alves, Léo Ortiz e Sander; Anselmo, Fabrício, Thallyson (Gabriel), Marlone e Rogério; Leandro Pereira. Técnico: Nelsinho Baptista.

Vitória
Dida; Jonatha, David e Fabinho; Felipe, Paulo Victor, Oliveira e Felipe; Thomas Anderson, Val Paraíba e Geovane. Técnico: Fernando Lins.

Local: Ilha do Retiro (em Recife).
Horário: 18h30. Árbitro: Nielson Nogueira Dias. Assistentes: Marcelino Castro e Dhiêgo Cavalcanti Pereira. Transmissão: Premiere.

Veja também

Cairo Santos renasce na NFL após dispensas e até quebra recorde pessoal
NFL

Cairo Santos renasce na NFL após dispensas e até quebra recorde pessoal

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque
Futebol

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque