Leclerc vence e quebra tabu da Ferrari em Monza

Leclerc segurou a pressão dos carros da Mercedes e venceu neste domingo (8) o GP da Itália de Fórmula 1

Charles Leclerc venceu GP da Itália, neste domingo (9)Charles Leclerc venceu GP da Itália, neste domingo (9) - Foto: Reprodução/Instagram

Charles Leclerc segurou a pressão dos carros da Mercedes e venceu neste domingo (8) o GP da Itália de Fórmula 1, garantindo o primeiro triunfo da Ferrari em Monza desde 2010. O último piloto da escuderia da casa a vencer no local pela categoria havia sido Fernando Alonso, que não está mais na F-1.

Largando na pole, Leclerc segurou principalmente as investidas de Hamilton, o líder da temporada. Em duas oportunidades o britânico atacou o piloto da Ferrari, mas não conseguiu a ultrapassagem. Em uma dessas ocasiões, Hamilton errou quando tentava se aproximar de Leclerc e passou reto em uma área de escape, perdendo a posição para Valtteri Bottas, que assumiu a segunda colocação. O finlandês também falhou ao tentar tirar a vitória de Leclerc, errando por duas vezes nas voltas finais. Hamilton terminou em terceiro.

Leia também:
Etiene Medeiros encerra José Finkel com quatro medalhas
Vale o acesso! Náutico recebe o Paysandu, nos Aflitos

Com a vitória, Leclerc chegou 182 pontos no Mundial de Pilotos, ainda na quarta colocação. O holandês Max Verstappen é o terceiro com 185. Na briga pela liderança, Hamilton ainda mantém larga vantagem, com 284 pontos. Bottas tem 221. A corrida ficou marcada por disputa intensa entre Leclerc e Hamilton. O piloto da Ferrari defendeu, por dois momentos, com agressividade às investidas do adversário. Em uma delas, recebeu advertência. Em outra, acabou escapando da pista, mas segurou a posição.

O começo da corrida foi marcado por um incidente com Sebastian Vettel na sétima volta. O piloto da Ferrari rodou durante e uma curva e voltou de forma perigosa para a pista. Ele acabou tocando no canadense Lance Stroll, que também rodou na sequência e repetiu Vettel na imprudência ao retornar, atrapalhando Gasly. O carro do alemão teve a asa dianteira danificada, o que forçou uma parada nos boxes que prejudicou sua corrida.

Veja também

Grêmio e Palmeiras dão pontapé inicial na decisão da Copa do Brasil
Copa do Brasil

Grêmio e Palmeiras dão pontapé inicial na decisão da Copa do Brasil

De volta ao Nordestão, Salgueiro recebe Bahia, no Cornélio de Barros
Copa do Nordeste

De volta ao Nordestão, Salgueiro recebe Bahia, no Cornélio de Barros