Léo Costa comemora fase artilheira no Santa Cruz

Meia marcou gol de empate diante do Náutico, na Arena de Pernambuco

Náutico tomou gol de Léo Costa no último lance da partidaNáutico tomou gol de Léo Costa no último lance da partida - Foto: Flávio Japa

Iluminado. No Santa Cruz, as atenções após o empate em 1x1 com o Náutico, na Arena de Pernambuco, pelo Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano, estavam no meia Léo Costa. Nos três jogos que o Santa Cruz fez nesta temporada, o jogador marcou gol em todos. Antes, diante de Paysandu e Campinense. Neste domingo (29), a vítima foi o Náutico, após bela cobrança de falta. E o artilheiro coral revelou um fato curioso no lance.

"O Anderson Salles iria bater a falta, mas eu disse: ‘deixa que eu pego essa aqui’. Tinha muita gente na frente do goleiro e ele não conseguiu enxergar", comentou, reforçando o pode de reação do Santa na partida. “Isso é fruto do trabalho. Não desistimos e conseguimos o empate contra o Campinense e agora aconteceu o mesmo. Isso é um fator positivo da nossa equipe”, completou.

Sobre o fato de ter assumido o papel de homem-gol, Léo Costa revelou que esse não é a sua missão de origem, reforçando a necessidade de o Tricolor trazer um centroavante para a sequência da temporada.

“Já fui artilheiro uma vez, mas sou meio-campo de origem. Tínhamos o Zé Carlos com essa característica (goleador) e, ganhando ou perdendo, ele seguraria a bola lá na frente. Mas André está fazendo a parte dele também. Mesmo assim a diretoria está correndo atrás para trazer alguém”, observou.

Veja também

Brasil conta com Neymar para as Olimpíadas em Tóquio
Futebol

Brasil conta com Neymar para as Olimpíadas em Tóquio

Japão decreta novo estado de emergência por causa da Covid a três meses da Olimpíada
Coronavírus

Japão decreta novo estado de emergência por causa da Covid a três meses da Olimpíada