Lesão tira Ronaldo Alves por até oito meses dos gramados

Zagueiro se machucou na partida contra o Santa Cruz, no último domingo (1º), pelo Campeonato Pernambucano

Ronaldo Alves só retorna aos gramados na Série BRonaldo Alves só retorna aos gramados na Série B - Foto: Caio Falcão/Náutico

Depois dos atacantes Álvaro e Matheus Carvalho, o Náutico perdeu mais um jogador para a reta final das competições do primeiro semestre e para o início da Série B 2020. Após deixar o gramado do Arruda aos oito minutos do primeiro tempo do Clássico das Emoções, disputado no último domingo (1º), contra o Santa Cruz, pelo Campeonato Pernambucano, reclamando de dores no pé esquerdo, o zagueiro Ronaldo Alves passou por exame de imagem nesta segunda (2) para saber a gravidade do problema. A ressonância confirmou a suspeita já citada no dia anterior pelo vice-presidente médico do clube, Múcio Vaz: o defensor teve uma ruptura do tendão de Aquiles, semelhante a sofrida pelo meia Jorge Henrique, no ano passado, na Série C. Ronaldo passará por cirurgia, com prazo de recuperação de seis a oito meses.

A lesão de Ronaldo evidencia uma sequência complicada de lesões no Náutico. Antes dele, o DM alvirrubro precisou lidar com vários pacientes. Ainda na pré-temporada, o zagueiro Diego Silva, o lateral-direito Hereda e o volante Jhonnatan desfalcaram a equipe nos primeiros trabalhos. O primeiro teve um problema no púbis. Já o lateral teve contusões na região adutora das duas coxas, enquanto o marcador teve lesão grau dois na coxa esquerda. Os dois últimos só estrearam em fevereiro pelo clube.

As lesões também atingiram o goleiro Halls (ombro esquerdo), os zagueiros Rafael Ribeiro (coxa direita) e Rafael Dumas (joelho direito), o volante Josa (coxa esquerda) e o lateral-direito Bryan (coxa direita). Recentemente, o atacante Paiva, com lesão grau dois na coxa direita, foi outro a integrar o DM, ainda sem prazo para retorno.

O setor ofensivo do Náutico é o mais “zicado”. Primeiro, o camisa 9 Kieza teve uma contusão grau três no tornozelo esquerdo, ficando fora do time por um mês. Depois, Álvaro foi diagnosticado com uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, com previsão de recuperação total de seis a oito meses. Em seguida, Matheus Carvalho teve uma lesão lesão quase completa do ligamento cruzado anterior do joelho direito, permanecendo afastado por até sete meses. Para a dupla, a volta aos gramados só acontecerá na Série B. Vale citar que o Timbu ainda aguarda a volta de Camutanga, que também rompeu o ligamento cruzado do joelho direito em outubro do ano passado e só deve voltar a campo em julho.

Mais problemas

Assim como no início da temporada, Diego Silva voltou a sentir dores no púbis e foi diagnosticado com um edema ósseo. O zagueiro deve ficar afastado dos gramados de uma a duas semanas. Já o volante Djavan ficará de duas a três semanas longe do time devido uma lesão na coxa direita. 

Leia também:
Atacantes refletem momentos distintos de Santa e Náutico
Com possível ruptura no tendão de Aquiles, Ronaldo Alves só volta no segundo semestre

Veja também

Hélio elogia força do lado direito em vitória
Futebol

Hélio elogia força do lado direito em vitória

Náutico goleia Oeste por 4x1, nos Aflitos, e se distancia do Z4
Futebol

Náutico goleia Oeste por 4x1, nos Aflitos, e se distancia do Z4