Lesão tira Valdivia da seleção chilena ; Vidal é dúvida contra Peru

O ex-Palmeiras está com uma com uma lesão muscular na coxa esquerda e Vidal com uma amigdalite

Luiz Edson FachinLuiz Edson Fachin - Foto: Divulgação

O meia Jorge Valdivia foi cortado da seleção chilena por lesão, enquanto Arturo Vidal virou dúvida para o duelo desta terça-feira contra o Peru por causa de uma amigdalite. O ex-jogador do Palmeiras, Valdivia, de 32 anos, que atua hoje no futebol árabe, sofreu uma "lesão muscular de grau baixo na coxa esquerda", informou um comunicado divulgado no site da federação chilena.

Já Vidal, maior astro da seleção chilena ao lado do atacante Alexis Sánchez, apresenta quadro de "amigdalite aguda bacteriana". A participação do meia do Bayern ao 'clássico do Pacífico' será confirmada apenas pouco antes da partida, marcada para 20h30 (no horário de Brasília), no estádio Nacional de Santiago.

Os zagueiros Miiko Albornoz, do Hannover, teve gastrite aguda, e Erick Pulgar, do Bologna, um quadro viral menor, mas ambos estão aptos para jogar. "Queremos esclarecer que se tratam de situações particulares de cada jogador, as quais não estão vinculadas entre si e não têm relação com o caso de intoxicação alimentar ocorrido dentro do Complexo Juan Pinto Durán", o CT da seleção chilena, completou o comunicado.

O volante Lorenzo Reyes foi convocado de última hora na segunda-feira, para ser substituto eventual de jogadores atingidos pelo problema de intoxicação. Todos esses problemas físicos acontecem no pior momento para a 'Roja'. Atual bicampeã continental, a seleção comandada por Juan Antonio Pizzi ocupa apenas a sétima posição das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, a cinco pontos da zona de classificação.

Veja também

Socorro ao setor esportivo deve ser votado nesta terça, na Câmara dos Deputados
Esportes

Socorro ao setor esportivo deve ser votado nesta terça, na Câmara dos Deputados

Confiante, Fabiano evita falar em prioridade e vê Santa pronto para voltar a jogar
Santa Cruz

Confiante, Fabiano evita falar em prioridade e vê Santa pronto para voltar a jogar