Lesionado, Kyle Lowry desfalca time dos EUA no Mundial

Armador do Toronto Raptors passou por cirurgia no pulso esquerdo em julho e ainda não está totalmente recuperado

Kyle Lowry, armador do Toronto RaptorsKyle Lowry, armador do Toronto Raptors - Foto: Gregory Shamus / GETTY IMAGES NORTH AMERICA /

O armador Kyle Lowry, do atual campeão da NBA Toronto Raptors, anunciou nesta segunda-feira (12) que não poderá defender os Estados Unidos no Mundial de basquete da China por conta de uma lesão no pulso.

Lowry foi submetido a uma cirurgia no pulso esquerdo em julho e esperava se recuperar a tempo de integrar a seleção norte-americana na busca pelo terceiro título consecutivo do Mundial.

"Tinha a esperança de estar recuperado e ter a autorização", postou Lowry no Instagram. "Eu esperava estar disponível a tempo de ajudar meu país a buscar o ouro neste próximo torneio. Eu adoro jogar, mas tenho que ficar de fora e apoiar a equipe de casa", acrescentou o armador.

O técnico dos Estados Unidos, Gregg Popovich, também está esperando notícias sobre o estado físico do pivô Marcus Smart, do Boston Celtics, que desfalcou a equipe em um jogo-treino na sexta-feira (9) por conta de uma lesão muscular.

A equipe norte-americana volta aos treinos na Califórnia nesta semana, quando terá um amistoso contra a Espanha, na sexta-feira (16), em Anaheim. No sábado (17), a delegação viajará para a Austrália, onde fará dois amistosos contra a seleção local e contra o Canadá, antes da estreia no torneio mundial. A 18ª edição do evento acontece entre os dias 31 de agosto e 15 de setembro, em oito diferentes cidades da China.

O astro LeBron James disse em abril que não iria participar da competição, decisão tomada por outras estrelas da NBA, como James Harden, Anthony Davis e Kawhi Leonard, que alegaram preferir treinar para a próxima temporada da liga norte-americana.

Veja também

Ministério da Saúde aprova estudo sobre volta das torcidas em estádios de futebol
Futebol

Ministério da Saúde aprova estudo sobre volta das torcidas em estádios de futebol

Michael Jordan amplia negócios e vira sócio de equipe da Nascar
Esportes

Michael Jordan amplia negócios e vira sócio de equipe da Nascar