A-A+

Leston divide missão de montar elenco com direção do Santa

Novo técnico do Santa Cruz pede ajuda aos membros da diretoria de futebol para contratar reforços e destaca que trabalho em conjunto serve para minimizar erros

Leston Júnior assume o comando técnico do Santa Cruz na temporada 2019Leston Júnior assume o comando técnico do Santa Cruz na temporada 2019 - Foto: Divugalção/Botafogo/PB

Com a missão de montar grande parte do elenco do Santa Cruz para a temporada 2019, o técnico Leston Júnior sabe do desafio, mas pede para dividir a responsabilidade na remontagem do grupo. Ele ressalta que precisa de ajuda da direção de futebol no processo de escolha dos reforços para minimizar os erros. Inclusive, um dos responsáveis pelas contratações é o novo executivo de futebol do clube, o ex-volante Luciano Sorriso, que foi anunciado oficialmente nesta segunda-feira (5).

“Já estive à frente de outros projetos que foram tocados antes de iniciar a temporada. Faço parte do planejamento do Santa Cruz e existe a exigência da montagem do elenco. Quando saí do Botafogo/PB, preferi não ir para outro clube porque queria começar um trabalho do zero para conduzi-lo da forma que acredito ser a ideal. A direção tem pessoas de capacidade e experientes que sabem como funciona a remontagem. Vamos montar um grupo dentro das nossas expectativas e da grandeza do clube. É importante ter um alto índice de acerto na montagem do elenco para atingir o equilíbrio", declarou. 

Leia também: 

Santa Cruz anuncia técnico Leston Júnior 

Após rápido acerto, Leston espera retribuir confiança do Santa 

Base, elenco e torcida: os desafios de Leston Júnior no Santa 

Leston conta com experiência na base para alçar garotada do Santa 

Ex-volante Luciano Sorriso é o novo executivo do Santa Cruz 

Nesta temporada, por exemplo, o Santa começou do zero após uma grande debandada dos jogadores no fim de 2017. Como o elenco foi remontado por inteiro, o alto número de reforços provocou erros na montagem. Ao todo, a diretoria de futebol da Cobra Coral contratou 39 atletas (dois goleiros, cinco zagueiros, cinco laterais, nove volantes, oito meio-campistas e dez atacantes), três a mais em relação à quantidade do ano passado, quando o Tricolor também precisou montar um novo grupo após desmanche devido ao descenso da elite do futebol para a Série B em 2016.

Para 2019, o Santa Cruz tem remanescentes que formam uma espinha dorsal. Dos 11 jogadores garantidos, sete já tinham contrato e quatro estenderam o vínculo. Sem levar em consideração os atletas da base que serão integrados ao elenco profissional na pré-temporada, a lista conta com os goleiros Ricardo Ernesto e Lucas Silva; zagueiros Danny Morais e Eduardo Brito, volantes Charles e Eduardo, Hericles, Willams Luz e Jeremias; atacantes Augusto e Pipico. Desses, apenas o goleiro Ricardo Ernesto, o zagueiro Danny Morais e o atacante Pipico terminaram 2018 como titular.

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves