Futebol

Leston Júnior lamenta derrota do Santa Cruz para o Asa: "A gente podia ter sido mais eficaz"

O Tricolor controlou as ações do jogo, mas foi ineficiente na conclusão das jogadas

Leston Júnior, treinador do Santa Cruz Leston Júnior, treinador do Santa Cruz  - Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz

O Santa Cruz segue sem vencer na Série D. A derrota por 2 a 1 para o Asa, neste sábado (23), foi decepcionante para os quase 20 mil torcedores presentes. O técnico Leston Júnior analisou o jogo da equipe na coletiva.

“Faltou ter mais precisão no acabamento das jogadas. Tivemos o controle da partida, jogando praticamente os noventa minutos no campo do adversário. Eles estavam muito fechados, marcando muito baixo e tirando possibilidades de profundidade nossa. Tivemos que circular a bola, trocar passes e mudar de corredor o tempo todo,” disse o treinador.

Mesmo com o gol sofrido no primeiro tempo, o Santa seguiu controlando as ações da partida e conseguiu o empate com Rafael Furtado de pênalti. Quando buscava a virada, a equipe tricolor sofreu o segundo gol. Leston lamentou a situação. 

“A gente ficou em cima e, quando você busca o gol o tempo todo, em algum momento acaba ficando vulnerável. Foi o que aconteceu no segundo gol. No contra ataque, eles conseguiram marcar. Mas a gente podia ter sido mais eficaz e concluído melhor o acabamento das jogadas em função do volume de jogo que a equipe teve.”

Desde o início da partida, o Asa demonstrou muito respeito ao Santa e jogou bem fechado. Depois que conseguiu o gol, a equipe alagoana abusou do antijogo para esfriar o ímpeto tricolor. Leston entende que isso vai ser um padrão dos jogos no Arruda. 

“Sem dúvidas. Nós temos que nos cercar de todos os detalhes para coibir esse tipo de jogo. E a única forma de fazer isso é traduzindo o volume em gol para o adversário mudar sua estratégia,” comentou o técnico tricolor.

Com alguns clubes ainda faltando completar a segunda rodada, o Santa Cruz ocupa a penúltima posição do grupo D com um ponto em dois jogos. Caso o Atlético-BA vença seu duelo contra o Lagarto, a Cobra Coral fica na última posição da chave. O Tricolor só volta a campo no dia 04/05, às 20h, contra a Juazeirense, fora de casa. 
 

Veja também

Skimboarder brasileiro, primeiro a se arriscar nas ondas gigantes de Nazaré, vai em busca do tetra
skimboard

Skimboarder brasileiro, primeiro a se arriscar nas ondas gigantes de Nazaré, vai em busca do tetra

Olimpíadas: confira três atletas brasileiros que podem surpreender e conquistar medalhas inéditas
Jogos Olímpicos

Olimpíadas: confira três atletas brasileiros que podem surpreender e conquistar medalhas inéditas

Newsletter