A-A+

Libertadores de 2020 terá quatro grandes de SP pela primeira vez

Corinthians assegurou sua presença na fase preliminar, enquanto o São Paulo cravou ida direta à fase de grupos da competição

O São Paulo bateu o Inter por 2x1 e se classificou direto para a fase de grupos da Libertadores 2020 O São Paulo bateu o Inter por 2x1 e se classificou direto para a fase de grupos da Libertadores 2020  - Foto: Divulgação/SPFC

A Copa Libertadores de 2020 será a primeira da história com a participação dos quatro grandes clubes paulistas. Na noite desta quarta-feira (4), o Corinthians assegurou sua presença na fase preliminar, enquanto o São Paulo cravou ida direta à fase de grupos da competição.

Em rodadas anteriores, Palmeiras e Santos já haviam obtido sua classificação para a principal competição sul-americana, também à etapa de grupos.

Não é inédito que haja quatro paulistas em uma Libertadores, mas é a primeira vez em que se reúnem os grandes do estado na disputa. Em 2005, Palmeiras, São Paulo e Santos tiveram a companhia do Santo André. Em 2006, o Paulista, de Jundiaí, esteve ao lado de Corinthians, Palmeiras e São Paulo.

Leia também:
Após derrota, Clayson teme Corinthians fora da Libertadores em 2020
Com dois de Gabigol, Fla bate River e fatura Libertadores

Ao todo, o Brasil terá oito representantes na competição no próximo ano. Além do Flamengo, que defenderá o título, e dos já citados Palmeiras, Santos e São Paulo, entrarão na fase de grupos Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil, e Grêmio, quinto colocado do Brasileiro.

A vaga derradeira, reservada ao oitavo na tabela do Nacional, ficará entre o Internacional, com 54 pontos e a um compromisso de encerrar sua participação na competição, e o Goiás, que soma 49 e tem dois jogos para disputar -o primeiro deles nesta quinta (5), contra o Palmeiras.

Veja também

Caso Pedro Henrique: STJD arquiva denúncia contra o Sport
Futebol

Caso Pedro Henrique: STJD arquiva denúncia contra o Sport

Em vídeo emocionado, jogador australiano se assume homossexual: "Quero inspirar"
FUTEBOL

Em vídeo emocionado, jogador australiano se assume homossexual e faz história