Líder cristão quer processar Super Bowl por 'pornografia' em show de Shakira e J Lo

Ele diz que a NFL foi responsável por levar 'pornografia à minha casa' e que assistir ao show do Super Bowl o impediria de ir para o paraíso

Shakira e Jennifer Lopez em apresentação do Super BowlShakira e Jennifer Lopez em apresentação do Super Bowl - Foto: KEVIN WINTER / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / A

Shakira, 43, e Jennifer Lopez, 50, receberam uma chuva de elogios após sua apresentação conjunta no último Super Bowl, evento de futebol americano que aconteceu no domingo (2).

As cantoras entregaram muita sensualidade e latinidade em um show que passou por alguns de seus maiores hits, como "Hips Don't Lie" e "Jenny from the Block".

Mas parece que a performance não agradou todo mundo. Um ativista cristão dos Estados Unidos publicou duras críticas às cantoras e à NFL -a liga de futebol americano- e ameaçou processar a organização em US$ 867 trilhões.

Leia também:
Ex-presidente do Irã parabeniza campeão da NFL
Everaldo Marques, a cara e a voz da NFL no Brasil


Sim, a soma é realmente exagerada -assim como podem parecer as alegações de Dave Daubenmire, líder de um grupo cristão e também técnico de futebol americano.

Ele diz que a NFL foi responsável por levar "pornografia à minha casa" e que assistir ao show no intervalo do Super Bowl o impediria de ir para o paraíso, colocando-o sob risco do "fogo do inferno", de acordo com o canal de rádio da Fox Sports.

"Isso [o show] é discriminatório em relação aos valores que eu tenho em minha casa", disse ele em vídeo. "Não se pode fazer isso. Eu quero processá-los [a NFL] em US$ 867 trilhões."

Veja também

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno
Sport

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno