Sport

Líder em 'passes-chaves' na Série B, Juba minimiza vaias da torcida do Sport: "É normal"

Autor da assistência para Vagner Love contra o Criciúma, prata da casa teve que conviver com o protesto da torcida, na Ilha

Luciano Juba é o destaque do Sport na atual temporadaLuciano Juba é o destaque do Sport na atual temporada - Foto: Marconi Meireles/ Folha de Pernambuco

Artilheiro do Sport na temporada e presente em todos os jogos do clube na Série B do Campeonato Brasileiro, Luciano Juba está longe de viver seus melhores dias em 2022 com a camisa rubro-negra. Diante do Criciúma, chegou a ser vaiado pela torcida quando tocava na bola, antes de contribuir com a assistência que resultou no gol de Vagner Love. 

Dos 16 gols que o Sport marcou na Segundona até o momento, o prata da casa esteve envolvido diretamente em seis deles. São quatro bolas nas redes e dois passes. A assistência para Love, inclusive, encerrou um "jejum" de seis jogos sem Juba participar ativamente de um tento leonino. Tal queda de desempenho fez o camisa 46 encarar com naturalidade o protesto dos torcedores contra seu futebol.

"No segundo tempo errei muitos passes, a torcida pegou no pé, mas é normal. A gente tem que escutar vaia, outra hora fazemos um gol, damos uma assistência, e a torcida aplaude. Não podemos deixar isso entrar no grupo, estamos fechados, somos um grupo bom, e tenho certeza que vamos conseguir bastante coisa boa no campeonato", comentou o jogador.

Com a rodada ainda em andamento, o cria da base rubro-negra se tornou, contra o Criciúma, o jogador da Série B com mais "passes-chaves" na competição. Em 22 partidas, Juba deixou seus companheiros em condições de finalizar 47 vezes, segundo dados divulgados pelo Footstats. A estatística coloca o jogador do Sport na frente de nomes como Giovanni Augusto (45), Jean Carlos (43) e Nenê (40). 

"Isso é fruto de bastante trabalho, e Deus também vem me abençoando. Estou liderando neste quesito de passe-chave, mas espero contribuir mais, com gols, dar mais passes para os companheiros também marcarem e conseguir nossos objetivos", enfatizou.

Veja também

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega
São Paulo

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega