A-A+

Liga das Nações: Brasil encara a França nesta sexta (28)

Partida acontece às 20h. No sábado (29) e no domingo (30), a equipe enfrenta Canadá e Itália, respectivamente

Treino da seleção masculina de vôlei no Nilson Nelson, em BrasíliaTreino da seleção masculina de vôlei no Nilson Nelson, em Brasília - Foto: Divulgação/CBV

Um ponto. É isso que o Brasil precisa para confirmar a classificação à Fase Final da Liga das Nações de vôlei masculino, que chega à quinta e última semana da Fase Classificatória. Só uma verdadeira catástrofe pode tirar a seleção nacional do sexteto que disputará medalhas (cinco primeiros colocados e os Estados Unidos, por ser país-sede). Nesta semana, a seleção joga em Brasília, contra França, Canadá e Itália, adversários duros que servirão de excelente teste para a equipe do técnico Renan Dal Zotto.

Uma vitória simples ou até mesmo uma derrota por 3 sets a 2 contra a França, adversária da noite desta sexta-feira (28), já sela a classificação. A partida acontece no ginásio Nilson Nelson, a partir das 20h, com transmissão do canal a cabo SporTV 2. No sábado (29), a seleção joga com o Canadá, também às 20h, e encerra a programação contra a Itália, às 19h do domingo (30).

O Brasil, no momento, lidera a classificação da Fase Classificatória, com 30 pontos e uma campanha de 11 vitórias e uma derrota. O Irã aparece em segundo, com os mesmos 30 pontos, porém uma vitória a menos. Completam o top 5 França, Rússia e Itália, com 28, 26 e 25 pontos, respectivamente.

“Chegamos aqui motivados depois de um fim de semana bom, com três vitórias em Cuiabá, e estamos animados para continuar essa série. Falta pouco para a nossa classificação e o mais importante é nos prepararmos bem. Temos que focar porque são três jogos com times que tem muito volume de jogo e isso é importante para a nossa preparação”, pontuou o levantador e capitão da equipe nacional, Bruninho.

A seleção brasileira conta, na etapa de Brasília, com os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Alan e Rafael Araújo; os centrais Lucão, Maurício Souza, Isac e Flávio; os ponteiros Lucarelli, Leal, Douglas e Maurício Borges, e os líberos Thales e Maique.

“Estamos em um momento bastante importante da competição. Espero que Brasília traga bons fluídos para a seleção brasileira. O nível do voleibol mundial é de um equilíbrio imenso, e temos seis ou sete seleções com condições de vencer uma competição internacional”, afirmou o técnico Renan Dal Zotto.


Veja também

MC Livinho estreia no São Caetano e sofre pênalti em 1º jogo profissional; veja vídeo
Futebol

MC Livinho estreia no São Caetano e sofre pênalti em 1º jogo profissional; veja vídeo

Flamengo consegue efeito suspensivo e Gabigol pode enfrentar o Grêmio
Futebol

Flamengo consegue efeito suspensivo e Gabigol pode enfrentar o Grêmio