Esportes

Liga das Nações: Brasil inicia semana decisiva contra a Austrália, nesta sexta

Após três derrotas na última etapa, seleção precisa voltar a vencer para ir à Fase Final da Liga das Nações

Buninho, levantador da seleção brasileira de vôleiBuninho, levantador da seleção brasileira de vôlei - Foto: Divulgação/CBV

O Brasil abre a quinta etapa da Fase Classificatória da Liga das Nações masculina de vôlei contra a Austrália, nesta sexta-feira (22), às 8h10 (horário de Brasília), em Melbourne, na Austrália. A seleção nacional ainda vai enfrentar Polônia e Argentina, nos últimos jogos dessa primeira fase do torneio. Depois de ter brigado ponto a ponto pela liderança, o Brasil agora é o quarto colocado da Liga das Nações, com 24 pontos.

A queda do time dirigido pelo técnico Renan Dal Zotto está ligada à frustrante campanha realizada na semana passada, quando sofreu três derrotas seguidas - para o Canadá, França e Bulgária. Em todas as partidas, a equipe teve o mesmo comportamento. Chegou a abrir frente em alguns sets, com três a quatro pontos de vantagem, mas não conseguiu manter o ritmo e acabou levando viradas nos momentos finais das parciais. O passe foi um dos fundamentos que mais prejudicou o desempenho do grupo.

No total, a campanha verde-amarela corresponde a oito vitórias, sobre Sérvia, Alemanha, Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos, Rússia, Irã e China, e quatro derrotas - perdeu também para a Itália, na semana de abertura. Os franceses lideram a Fase Classificatória da Liga das Nações, com 30 pontos, seguidos pelos norte-americanos (29), e os russos, que têm 28 pontos.

Para o técnico brasileiro, o resultado positivo diante dos australianos é visto como fundamental nos planos de buscar a classificação para a Fase Final da Liga das Nações, que será disputada em Lille, na França, entre os dias 4 e 8 de julho. Como é país-sede, a França tem vaga assegurada e, por isso, o grupo de classificação irá até o sexto colocado.

Leia também:
Liga das Nações: Brasil treina para semana decisiva
Liga das Nações: em dia ruim, Brasil perde do Canadá
Há vida além da Copa: calendário oferece outras atrações
Brasil põe fim à invencibilidade dos EUA na Liga das Nações
Liga das Nações: Brasil bate o Japão e vence 4º jogo
Brasil derrota a Coreia do Sul na Liga das Nações
Brasil supera a Alemanha em jogo duro pela Liga das Nações
Brasil bate a Sérvia na estreia da Liga das Nações
Brasil vence Irã pela Liga das Nações
Brasil vence China com o brilho de Wallace

“Hoje em dia todo jogo é muito equilibrado e a Austrália é uma seleção que cresceu muito durante a competição. Vem com quatro vitórias nesses últimos jogos, é uma equipe alta, jovem, e esse jogo é encarado como uma final. Vamos entrar focados para buscar um resultado que precisamos”, afirmou Renan. “Convidamos os brasileiros que estão na região a comparecer e nos ajudar. Viemos de uma maratona muito grande, com fuso horário diferente a cada semana, mas chegamos nesta última etapa para buscar a nossa classificação. A torcida pode fazer toda a diferença neste ponto”, disse Renan, convocando o grande número de brasileiros que reside em Melbourne para apoiar a equipe.

“Chegamos na terça à noite e não tivemos muito tempo para nos preparar e entrar no fuso horário, mas o mais importante é que o time está motivado e sabendo da importância desses três jogos. Precisamos dessas vitórias para conseguir a classificação para a Fase Final, que é nosso primeiro grande objetivo no ano, e o time está focado nisso”, garantiu o levantador e capitão Bruninho.

Os outros dois compromissos da seleção brasileira serão no sábado (23), às 7h10, contra a Polônia, e às 23h10, contra a Argentina – ambos no horário de Brasília. Na Austrália, a seleção brasileira encara o fuso horário de 13h na frente.

Liga das Nações masculina

1ª semana:
Kraljevo (Sérvia)

25.05 – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/22, 25/22 e 26/24)
26.05 – Brasil 2 x 3 Itália (25/18, 19/25, 21/25, 26/24 e 8/15)
27.05 – Brasil 3 x 0 Alemanha (26/24, 25/23 e 26/24)

2ª semana:
Goiânia (Brasil)

01.06 – Brasil 3 x 0 Coreia do Sul (25/21, 25/19 e 25/19)
02.06 – Brasil 3 x 0 Japão (26/24, 25/19 e 25/20)
03.06 – Brasil 3 x 2 Estados Unidos (21/25, 20/25, 25/19, 25/20 e 20/18)

3ª semana:
Ufa (Rússia)

08.06 – Brasil 3 x 1 Rússia (25/21, 25/20, 25/27 e 25/18)
09.06 – Brasil 3 x 2 Irã (25/17, 23/25, 25/19, 21/25 e 15/13)
10.06 – Brasil 3 x 0 China (25/20, 25/19 e 27/25)

4ª semana:
Varna (Bulgária)

15.06 – Brasil 0 x 3 Canadá (22/25, 32/34 e 22/25)
16.06 – Brasil 0 x 3 França (19/25, 23/25 e 23/25)
17.06 – Brasil 2 x 3 Bulgária (22/25, 25/19, 15/25, 25/18 e 12/15)

5ª semana:
Melbourne (Austrália)

22.06 – Brasil x Austrália – 8h10 – SporTV 2
23.06 – Brasil x Polônia – 7h10 – SporTV 2
23.06 – Brasil x Argentina – 23h10 – SporTV 2

Veja também

"Quando vamos fazer algo?": Steve Kerr, técnico do Warriors, se emocionado após ataque em escola
ESTADOS UNIDOS

"Quando vamos fazer algo?": Steve Kerr, técnico do Warriors, se emocionado após ataque em escola

Governo britânico autoriza venda do Chelsea para um grupo liderado pelo americano Todd Boehly
Futebol

Governo britânico autoriza venda do Chelsea para um grupo liderado pelo americano Todd Boehly