Liverpool perde da Roma, mas volta à final da Champions

A última vez que o Liverpool havia disputado uma final da competição foi na temporada 2006/2007, quando perdeu para o Milan por 2 a 1, em Atenas

Roma x LiverpoolRoma x Liverpool - Foto: Paul Ellis/AFP

O Liverpool se classificou para tentar desbancar a hegemonia do Real Madrid na decisão da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira, apesar da derrota por em 4x2 para a Roma no jogo de volta da semifinal.

Por conta da goleada de 5x2 no duelo de ida, os Reds superaram a eliminatória no placar agregado (7x6), credenciando-se à final em Kiev no dia 26 de maio. Os italianos caíram de pé e foram ovacionados pela torcida no Estádio Olímpico.

Leia também:
Real Madrid segura o Bayern e vai à final da Champions
Firmino renova contrato com o Liverpool
Salah iguala recorde no Inglês, mas Liverpool cede empate

Na primeira etapa, Sadio Mané colocou os ingleses na frente, aos 9, James Milner empatou com gol contra, aos 15, e Wijdnaldum recolocou o Liverpool na frente, aos 26.

Na volta do intervalo, a Roma buscou a virada com Edin Dzeko, aos 7, e dois gols de Radja Nainggolan, aos 41 e cobrando pênalti aos 49.

O Liverpool volta a disputar a final da competição, depois do vice-campeonato na temporada 2006-2007. Na ocasião, os Reds perderam por 2x1 para o Milan, justamente o rival do último título do time inglês no torneio, em 2004-2005.

A final contra o Real Madrid marca a reedição da decisão de 1981, quando o Liverpool venceu por 1 a 0 em Paris para levantar o troféu.

Precisando de três gols, a Roma tentou pressionar no início de jogo apostando em jogadas de bola longa. Mas logo aos nove minutos do primeiro tempo veio o balde de água fria. 

Após vacilo do belga Radja Nainggolan com passe errado no meio de campo, o brasileiro Roberto Firmino acelerou o contra-ataque e deixou Sadio Mané em perfeitas condições para finalizar. O senegalês bateu firme em chute cruzado e abriu o placar para os ingleses.

Mas as esperanças voltaram a ascender nos anfitriões, após lance de muito azar dos ingleses. Na hora de rifar um cruzamento para a área, Lovren deu o chutão e acertou o companheiro Milner. De maneira traiçoeira, a bola explodiu no rosto do volante voltou de mansinho para devolver a igualdade, aos 15.

Mas o veloz ataque dos Reds deu trabalho para a zaga italiana. Aos 24, após excelente jogada de Robertson pelo lado esquerdo, o chute de Mané só não entrou porque o goleiro Alisson fez linda defesa com o pé. 

No entanto, o brasileiro não conseguiu evitar o gol de Wijnaldum lance seguinte, aos 26 minutos. Em cobrança de escanteio com duas divididas pelo alto, a bola sobrou limpa para o holandês tocar de cabeça para o fundo do gol.

Apesar do cenário adverso, a Roma continuou tentando. Aos 34, El Shaarawy bateu da entrada da área e acertou a trave de Karius após leve desvio na defesa inglesa.

Na volta do intervalo, o time da casa voltou para o jogo com atitude diferente. Logo aos sete minutos, Dzeko conseguiu empatar o jogo depois de Karius dar rebote em chute cruzado de El Shaarawy. 

O gol animou a Roma, que chegou com perigo aos 14 e e 17 minutos. Neste segundo lance, a bola só não estufou as redes porque Alexander-Arnold se jogou para proteger o chute de El Shaarawy, tocando com a mão em cima da linha. Pênalti não marcado pela arbitragem.

Os italianos conseguiam criar chances, mas esbarravam na hora da definição. Aos 32, Schick tirou tinta da trave de Karius, que fez bela defesa em chute de Dzeko aos 35.

A quatro minutos do fim, Nainggolan se redimiu do erro no primeiro tempo para marcar um golaço da entrada da área. Kolarov fez jogada pelo lado esquerdo e rolou para o belga encher o pé de primeira, com a bola morrendo no cantinho de Karius. 

Nos acréscimos, a Roma teve pênalti a favor toque de mão de Klavan. Nainggolan converteu a cobrança, aos 49, mas o árbitro encerrou a partida e confirmou a vaga dos ingleses na decisão.

Veja também

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota
Futebol

Louzer elogia Betinho e lamenta “distância” entre setores em derrota

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson
Futebol

Atlético-MG perde para o Ceará em noite de falhas de Everson