Luis Enrique espera que Messi encerre a carreira no Barcelona

Em entrevista coletiva realizada nesta sexta (18), o treinador catalão não poupou elogios ao jogador argentino

Raul Henry e FBC separados apenas pelo presidente do TJPE, Leopoldo RaposoRaul Henry e FBC separados apenas pelo presidente do TJPE, Leopoldo Raposo - Foto: Arthur Motta/Folha de Pernambuco

O comandante do Barcelona, Luis Enrique, não escondeu nesta sexta-feira (18) a vontade de ver a estrela argentina, Lionel Messi, terminar a carreira no clube catalão, após a imprensa espanhola cogitar uma possível saída do jogador.

"Eu imagino Leo Messi por muitos anos no Barça. Seria bonito que um jogador que abandonou seu país tão novo e com tantos sonhos pudesse acabar a carreira como número 1 indiscutível da história no mesmo clube que lhe deu a oportunidade. Seria, para mim, a história perfeita", declarou Enrique em entrevista coletiva.

"Eu gostaria que isso acontecesse, seria uma história muito bonita", completou o treinador, antes da disputa da 12ª rodada do Campeonato Espanhol contra o Málaga.  Nos últimos dias, a imprensa espanhola, principalmente de Madri, vem afirmando que o melhor jogador do mundo teria se recusado a renovar o contrato com o Barça até 2018.

Luis Enrique não cansou de elogiar sua estrela, a quem chamou de "melhor de toda a história."E emendou: "Uma (Bola de Ouro) a mais, uma a menos, não acho que isso tenha importância. Há muita diferença em relação aos outros jogadores e duvidar disso é irrisório", disse.

O treinador também fez questão de enaltecer os companheiros do craque argentino no imparável ataque do Barça, como o brasileiro Neymar e o uruguaio Luis Suárez, que tiveram boas atuações com suas seleções nas eliminatórias sul-americanas.



Veja também

Velejadores disputam XXI Campeonato Pernambucano de Dingue em Maria Farinha
Vela

Velejadores disputam XXI Campeonato Pernambucano de Dingue em Maria Farinha

Você não é o Zlatan, diz Ibrahimovic em campanha de combate à Covid-19
Coronavírus

Você não é o Zlatan, diz Ibrahimovic em campanha de combate à Covid-19