Maior clube do México se inspira em campanha do Sport para doação de órgãos

Inspiração dos mexicanos veio num formato diferente dos pernambucanos

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), o governador Paulo Câmara (PSB) e o vice-governador Raul Henry (PMDB)O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), o governador Paulo Câmara (PSB) e o vice-governador Raul Henry (PMDB) - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

 

“Isso é apenas futebol”. Para os amantes do mundo da bola, tolos são os que pensam desta forma. O esporte bretão tem a capacidade de transcender a razão, de derrubar qualquer explicação científica do sentimento que cada um carrega pelo seu time de coração. E quando todo esse amor não enxerga cores, mas sim uma única bandeira: a da vida? Ultrapassando fronteiras, Recife e Cidade do México se conectaram por uma causa nobre.

Em setembro de 2012, em parceria com a agência Ogilvy, o Sport lançou uma campanha intitulada de “Fãs Imortais”, que tinha como tema principal incentivar os seus torcedores a doar órgãos, com o sugestivo lema “Pelo Sport tudo. Até depois de morrer!”. A iniciativa foi tão bem recebida pelo público que, segundo o último balanço feito pelo clube, cerca de 55 mil rubro-negros se cadastraram no programa através de uma página oficial do clube, onde os próprios imprimiam uma carteirinha oficial personalizada que autoriza os respectivos familiares a realizarem a doação de órgãos após o falecimento.

O programa pioneiro lançado pelo Leão não fez sucesso apenas com o público, mas também na esfera “acadêmica”, faturando diversos prêmios, como, por exemplo, os dois Leões de Cannes, no consagrado Festival de Publicidade de Cannes, espécie de Oscar do setor. Um ano depois de lançada a campanha, a Central de Transplantes de Pernambuco havia registrado um aumento de 54% nas doações.

Admirados com a criatividade e nobreza gerada pela iniciativa leonina, o maior clube do México veio à Praça da Bandeira colher informações da aceitação e da execução da ação, para seguir os passos das “Fãs Imortais”. Porém, com status de grande potência do seu país, o América/MEX, conseguiu alcançar a incrível marca de 220 mil cadastrados.

Com o título de “Pasión que da Vida”, a inspiração dos mexicanos veio num formato diferente dos pernambucanos, já que firmaram uma parceria com um canal de televisão local. Além disso, o próprio América providenciou as carteirinhas personalizadas, onde é registrado o desejo dos seus torcedores, perante os seus familiares, de terem os órgãos doados após a morte. Nesta semana, o twitter oficial do América agradeceu ao Sport, o parabenizando pela iniciativa, escrevendo em espanhol.

“Olá, @sportrecife. A grandeza das causas nobres ultrapassa fronteiras! #PasiónQueDaVida nasceu graças a #FãsImortais. O que vocês acham disso?”. Na troca de carinhos, o Sport devolveu: “Estamos muito feliz que a mensagem de #FãsImortais se expanda com #PasiónQueDaVida divulgada pelo maior do México e @fundtelevisa.

 

Veja também

Fernando Leite é o novo executivo de futebol do Náutico
Futebol

Fernando Leite é o novo executivo de futebol do Náutico

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos
Covid-19

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos