Suns de Ricky Rubio foi responsável por derrubar os 76ers
Suns de Ricky Rubio foi responsável por derrubar os 76ersFoto: AFP

Com um equilíbrio incrível, a temporada 2019/2020 da NBA mostra a cada dia por que foi tão aguardada e mencionada como a mais imprevisível dos últimos tempos. Para se ter uma ideia, a Liga concluiu sua terceira semana e não possui mais franquias invictas. A última equipe a perder pela primeira vez no campeonato foi o Philadelphia 76ers, na última segunda-feira, que sucumbiu diante do organizado Phoenix Suns. Os Suns, inclusive, estavam sendo cotados como um dos piores elencos antes da competição, mas com o comando de Monty Williams, a franquia já acumula cinco vitórias em sete jogos e se posiciona na zona de playoffs.

O que mais surpreende nos Suns é que a franquia não conta com um dos seus principais jogadores. Deandre Ayton, primeira escolha do draft do ano passado, foi afastado por 25 jogos por ter sido pego no exame antidoping. Devin Booker se tornou o grande destaque da equipe com médias de pouco mais de 26 pontos por partida e cinco assistências. Muito do sucesso do ala se deve à presença de Ricky Rubio. MVP e campeão da Copa do Mundo deste ano, o espanhol chamou a responsabilidade para melhorar drasticamente o desempenho do time.

Leia também:
Spurs perdem a invencibilidade e Miami reitera força na NBA
Curry quebra a mão e agrava mau momento dos Warriors na NBA
Golden State busca nova identidade após anos de dinastia na NBA

Última equipe a perder a invencibilidade, os 76ers têm um dos melhores quintetos de toda a NBA. Com uma defesa fortíssima e o nível físico fora do comum, Ben Simmons, Josh Richardson, Tobias Harris, Al Horford e Joel Embiid têm tudo para levar a equipe a pelo menos uma final de conferência.

Com duas semanas concluídas de NBA, é possível afirmar que o Golden State Warriors vem para o projeto de Tank - ficar nas últimas posições e conquistar uma colocação melhor no draft. Sem Klay Thompson (fora da temporada por lesão no joelho), Stephen Curry (mão quebrada e pelo menos três meses afastado das quadras) e Draymond Green (problema no ligamento do dedo indicador da mão esquerda), os Warriors terão uma série de jovens inexperientes e D’Angelo Russell nos quintetos da equipe. A probabilidade do armador, ex-Brooklyn, ser trocado é bem grande, inclusive.

Mas a situação de Golden State não está completamente perdida se olharmos para o futuro. O cenário lembra bastante o do San Antonio Spurs na temporada 1996-1997, quando David Robinson se machucou e ficou de fora da temporada. Com isso, a franquia, já comandada por Gregg Popovich, faturou a primeira escolha do draft, que na época foi Tim Duncan, participante de cinco campanhas vitoriosas dos Spurs na NBA.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: