Julen Lopetegui, ex-técnico da seleção da Espanha
Julen Lopetegui, ex-técnico da seleção da EspanhaFoto: Gabriel Bouys/AFP

A seleção espanhola está sem treinador a dois dias da estreia na Copa do Mundo. O presidente da federação do país, Luis Rubiales, demitiu nesta quarta (13) o técnico Julen Lopetegui e não definiu por enquanto quem comandará a equipe contra Portugal, nesta sexta (15), em Sochi.

Os dirigentes da federação se irritaram com o anúncio feito nesta terça (12) pelo Real Madrid, em sua conta no Twitter, de que Lopetegui será o substituto de Zinedine Zidane no comando do time. "A negociação é legítima, mas a forma é importante. A federação não sabia de nada e temos de passar uma mensagem para todos os funcionários", disse Rubiales.

Apesar de dizer que não se sentia traído pelo treinador e de ter evitado críticas ao Real Madrid, a reação do presidente mostrou o tamanho da irritação com o anúncio sem o conhecimento dos cartolas. "O que a seleção conseguir daqui por diante será também por causa de Lopetegui, mas a seleção é de todos os espanhóis", completou. A Espanha chegou à Rússia como uma das favoritas ao título. "Eu gostaria que as coisas fossem de outra maneira, mas a federação tem valores", justificou o presidente.

Leia também:
Espanha anuncia Fernando Hierro como novo técnico da seleção
Real Madrid anuncia Lopetegui como novo treinador
A "outra" Copa, disputada por cegos, começa na Espanha
EUA, México e Canadá sediarão a Copa do Mundo de 2026


veja também

comentários

comece o dia bem informado: