Renato "nak" Nakano durante disputa do Americas Minor com a Sharks
Renato "nak" Nakano durante disputa do Americas Minor com a SharksFoto: HLTV.org/Divulgação

A Sharks, organização luso-brasileira de Counter-Strike: Global Offensive, anunciou significativas mudanças nesta segunda-feira (22). Após a disputa do Americas Minor, a equipe colocou na lista de transferências os jogadores brasileiros Renato ‘Nak’ Nakano e Rodrigo ‘RCF’ Figueiredo, além de ter anunciado a entrada no cenário da América do Norte.

“Fechamos agora um ciclo de dois anos de yng Sharks, e vamos iniciar outro. Até este momento, fizemos mais do que imaginaríamos em 2017, e isso só foi possível graças ao trabalho de todos, nomeadamente dos jogadores”, diz o CEO da organização, João Duarte.

A equipe também anunciou a mudança para o cenário norte-americano, buscando novos desafios e disputas em campeonatos de alto nível. “A Sharks continuará sempre a participar pontualmente em bootcamps e competições tanto no Brasil como em Portugal, países de origem tanto do core de jogadores como de organização e equipa técnica”, informou em nota.

Leia também
CS:GO: MIBR vence G2 e vai às semis do IEM Chicago
CS:GO: INTZ vence Sharks e fica mais perto do Major
CS:GO: FURIA e Sharks avançam para os playoffs do Americas Minor 

Recentemente a organização disputou o Americas Minor, em Berlim, ficando próxima de garantir uma vaga no StarLadder Major Berlim 2019. A equipe ficou em 4º no torneio, perdendo para a FURIA no lower bracket. 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: