Egípcio Mohamed Salah machucou o ombro em disputa de bola com Sergio Ramos
Egípcio Mohamed Salah machucou o ombro em disputa de bola com Sergio RamosFoto: Paul Ellis/AFP

Fisioterapeuta do Liverpool, Rubén Pons afirmou que a Federação Egípcia de Futebol espera que Mohamed Salah possa estar em campo entre três e quatro semanas. O atacante se machucou durante a final da Liga dos Campeões, disputada nesse sábado (26).

"Ele já está mais animado, muito mais otimista. Não é uma lesão muito típica do futebol, talvez mais de goleiros. A Federação Egípcia de Futebol acredita que em três ou quatro semanas ele estará recuperado", disse Pons, que estará com Salah na Rússia, em entrevista à rádio espanhola Cadena Cope.

Leia também:
Salah passa por novo exame e fará recuperação na Espanha
Petição pede punição a Sergio Ramos após lance com Salah
Salah se pronuncia após lesão e se diz confiante com Copa
Salah se machuca e sai de campo chorando na final da Liga dos Campeões

O Egito estreia na Copa do Mundo dia 15 de junho, contra o Uruguai. Seus dois compromissos restantes na fase de grupos são contra a Rússia, dia 19, e Arábia Saudita, dia 25.

"Vamos fazer uma sessão dupla todos os dias e vamos tentar reduzir os prazos. Que estará com a seleção, estará. Ele vai para a Rússia, mas quem vai decidir os prazos é ele", declarou Pons.

No lance que causou a lesão de Salah, Sergio Ramos foi acusado de maldade ao prender o braço direito do egípcio sobre sua axila. Mesmo assim, o fisioterapeuta acredita que o atacante não está com raiva do zagueiro do Real Madrid.

"Salah não me disse nada sobre Sergio Ramos. Eu não acho que ele está com raiva dele. Foi uma ação fortuita", declarou.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: