Cristiano Ronaldo
Cristiano RonaldoFoto: MARCO BERTORELLO / AFP

Após duas semanas de pausa, a Copa da Itália inicia o calendário do futebol do país, neste sábado (12), sob extrema vigilância após os incidentes violentos e racistas que aconteceram no final de dezembro. O confronto entre Inter de Milão e Napoli ficou manchado pelos enfrentamentos fora do estádio, com um torcedor morto. Dentro de campo, o zagueiro franco-senegalês Kalidou Koulibaly foi alvo de ataques racistas.

A Inter foi suspensa e vai enfrentar a o Benevento (Serie B) com portões fechados. Koulibaly foi suspenso para o duelo da Napoli contra o Sassuolo, após ter sido expulso por perder os nervos pelos gritos racistas.

Leia também:
Racismo contra jogador do Napoli é mais um no futebol europeu
Partida entre Napoli e Inter marcada por gritos racistas

O ministro italiano do Interior e homem forte do governo Matteo Salvini, de extrema direita, declarou na segunda-feira que não concorda parar os jogos em caso de gritos racistas. Mas a Napoli já anunciou que seus jogadores deixarão o campo se o incidente se repetir.

A Juventus visita o Bologna no sábado (12), antes de enfrentar o Milan na Supercopa da Itália na Arábia Saudita. O técnico Massimiliano Allegri confirmou que vai fazer mudanças no time para a partida. Nos outros jogos das oitavas, destaque para o duelo entre Sampdoria e Milan. Roma e Lazio, recebem respectivamente o Virtus Entella e Novara, ambos da terceira divisão.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: